ZPE fecha 1º trimestre com 2,9 mi de toneladas movimentadas

img1
O crescimento anotado no primeiro trimestre do ano no giro de cargas atingiu 8,52% ante igual período de 2020

A Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Ceará, que compõe o Complexo do Pecém, encerrou o primeiro trimestre deste ano com alta de 8,52% na sua movimentação de cargas. Ao todo, 2.996.328 toneladas (t) passaram pelos gates da companhia entre janeiro e março, o que corresponde a um incremento de mais de 235 mil toneladas ante o mesmo período de 2020.

A exemplo de fevereiro, que fechou com avanço de 13,9% na comparação com o mesmo mês de 2020, março também trouxe resultados positivos na movimentação de cargas, tendo registrado crescimento de 5,3% ante igual período do ano passado. No total, 1.023.235 toneladas foram movimentadas em março, contra 972.032 t registradas no terceiro mês de 2020.

Eficiência

“Assim como aconteceu ao longo de 2020, vivemos um ano atípico por conta da crise global gerada pela pandemia da Covid-19. Neste cenário, o fato de termos conseguido fechar o primeiro trimestre com saldo positivo, com quase 3 milhões de toneladas movimentadas, mostra toda a eficiência e celeridade de nossas operações”, destaca a diretora de operações da ZPE Ceará, Andréa Freitas.

Minério de ferro

Entre as principais cargas movimentadas em março, o maior fluxo veio do minério de ferro, com 420.986 t movimentadas, alta de 15% ante o ano passado. Além disso, 225.589 t de placas de aço e 139.922 t de carvão mineral passaram pelos gates da ZPE Ceará ao longo do mês, assim como outras mercadorias.

Exportações e Importações

Entre os principais destinos das mercadorias produzidas pela ZPE Ceará no primeiro trimestre de 2021, o maior destaque foram os Estados Unidos, com 333.831 de toneladas. 

No mesmo período, Canadá (50.102 t) e Bélgica (15.060 t) também receberam itens processados na empresa. Somente em março, as exportações atingiram 166.081 toneladas, o que representa um crescimento de 13,2% na comparação com o resultado de fevereiro, que foi de 146.592 t.

No que diz respeito às importações registradas de janeiro a março deste ano, os principais países de origem foram Estados Unidos (457.356 t), República Tcheca (130.009 t) e Rússia (10.275 t), que enviaram um total de 603.040 t às empresas instaladas na ZPE Ceará ao longo do primeiro trimestre de 2021.