Vulcabras registra lucro líquido recorde de R$ 91,5 milhões

vulcabras
“O resultado positivo é fruto de uma consistente estratégia traçada ao longo dos momentos mais duros da pandemia”, afirma Pedro Bartelle, presidente da Vulcabras

Mesmo em um trimestre em que o varejo viveu duros efeitos da pandemia, a Vulcabras registrou receita líquida de R$ 399,4 milhões com aumento de 304,7% sobre os R$ 98,7 milhões do 2T20 e apresentou crescimento de 22,1% na comparação com os R$ 327,0 milhões registrados no 2T19, reiterando a força do resultado atual.

O lucro líquido do segundo trimestre deste ano foi de R$ 91,5 milhões e representou um acréscimo de R$ 166,9 milhões sobre o prejuízo líquido de R$75,4 milhões no 2T20 (período fortemente afetado pela primeira onda de Covid no País) e um crescimento de 205% em relação aos R$ 30 milhões registrados no mesmo período de 2019.

Esporte impulsiona

A receita de Calçados Esportivos apresentou aumento de 438,1%, no comparativo com o mesmo período de 2020 e, crescimento de 42,1% sobre o 2T19. Tanto a receita dos calçados Olympikus, como a dos calçados Under Armour, apresentaram crescimento em relação aos mesmos trimestres dos anos anteriores (2T20 e 2T19). Além disso, este foi o primeiro trimestre em que a produção e distribuição da marca Mizuno foram adicionadas de forma plena ao resultado. 

O EBITDA foi de R$ 102,7 milhões, apresentando acréscimo de R$ 157,8 milhões, em contraposição aos (R$ 55,1) milhões obtidos no 2T20 e, crescimento de 103,4% em relação aos R$ 50,5 milhões obtidos no 2T19.

Neste trimestre, a companhia registrou um ganho líquido de R$ 60 milhões, relacionado a decisão favorável em uma das suas ações de exclusão do ICMS da base de cálculo de PIS e Cofins.

“O resultado positivo é fruto de uma consistente estratégia traçada ao longo dos momentos mais duros da pandemia, que consistiu em não desmobilizar as operações e adaptar a empresa para a retomada. Confiamos na força de nossas marcas e em nosso modelo de negócio, que domina todas as etapas da cadeia desde a concepção, produção, reposição e venda. Seguimos investindo e oferecendo um portfólio de produtos que busca atender as necessidades dos mais diversos consumidores e atletas”, afirma Pedro Bartelle, presidente da Vulcabras.

No mês de Julho, a Companhia divulgou o seu primeiro relatório de sustentabilidade, que compilou as principais ações realizadas em 2020. No documento foram abordadas as principais iniciativas socioambientais da empresa, que tem como pilares de atuação a redução de carbono, o consumo de energia limpa, reuso e economia de água, economia circular, responsabilidade social e impacto nas comunidades em que está presente.

“Neste trimestre demos mais um passo importante rumo ao crescimento da Vulcabras. Estamos seguros das nossas decisões e seguimos confiantes no nosso propósito de construir um país melhor a partir do esporte”, finaliza Bartelle.

Perfil

A Vulcabras tem em seu portfólio as marcas Mizuno, Olympikus e Under Armour. Fundada em 1952 em Jundiaí (SP), possui mais de 15 mil colaboradores divididos em seis unidades: nas duas plantas fabris localizadas em Horizonte (CE) e Itapetinga (BA); nos centros administrativos em Jundiaí (SP) e na capital paulista; no novo Centro de Distribuição em Extrema (MG) e no Centro de Tecnologia e Desenvolvimento localizado em Parobé (RS).

No exterior a Vulcabras marca presença em mais de 15 países, com atuação robusta principalmente na América Latina, onde conta com 50 lojas próprias no Peru e Chile. Suas marcas levam tecnologia e inovação para todo perfil de atleta, de todos os locais, de todos os bolsos, e de todas as performances.