Vulcabras anota recorde no lucro líquido de R$ 126,5 milhões

img1
Com crescimento de 40% na receita, a empresa se consolida como a maior gestora de marcas de esporte no mercado nacional

A Vulcabras, maior gestora de marcas de artigos esportivos do País e que tem em seu portfólio Mizuno, Olympikus e Under Armour, divulga seus resultados financeiros referentes ao 3º trimestre de 2021 com recordes de receita e lucro líquido. 

O lucro líquido do 3º trimestre foi de R$ 126,5 milhões, maior lucro trimestral da história da companhia, e representou um acréscimo de 191,5% sobre o resultado de R$ 43,4 milhões no 3º trimestre de 2020. A margem líquida atingiu 23,6% no 3T21, acréscimo de 12,3 p.p., em comparação aos 11,3% alcançados no 3T20.

Receita sobe 40%

A receita líquida foi de R$ 535,9 milhões, um aumento de 40,0% em relação ao mesmo período de 2020. O crescimento foi alavancado pela categoria de calçados esportivos que registrou um aumento de 66,3%. 

Tanto Olympikus como Under Armour apresentaram crescimentos relevantes em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Além disso, tivemos o incremento da receita com a comercialização dos calçados Mizuno de forma integral nesse período.

Estratégia

Mesmo em um cenário macroeconômico de alta volatilidade, pressão inflacionária e instabilidade política que impactaram diretamente o consumo, as medidas tomadas recentemente pela companhia alcançaram altos índices de desempenho pelo segundo trimestre consecutivo. A Vulcabras desde o início do ano centralizou sua estratégia em simplificar e consolidar o seu portfólio, tendo assim foco total no segmento esportivo.
 
O EBITDA foi de R$ 138,9 milhões, um crescimento de 109,8%, em contraposição aos R$ 66,2 milhões obtidos no 3T20. A margem EBITDA aumentou 8,6 p.p., atingindo 25,9% no 3T21, ante 17,3% do 3T20. Nesse trimestre a Vulcabras anunciou a distribuição antecipada de dividendos oriundos dos lucros acumulados ao longo do 1º semestre no valor de R$ 86 milhões.

“Nossa estratégia em focar no segmento esportivo ampliando o portfólio de marcas, aliado aos investimentos de modernização realizados nos últimos anos, já tem trazido resultados importantes e nos dá a perspectiva de alcançar novos recordes para todas as marcas do grupo. Para o próximo ano, a Vulcabras irá fortalecer outras categorias, como a de vestuário, e o canal de e-commerce, buscando atender o crescimento do lifestyle esportivo e wellness, tendências de comportamento aceleradas pela pandemia”, afirma Pedro Bartelle, CEO da Vulcabras.

Compromisso com a sustentabilidade

Neste trimestre a companhia assumiu o compromisso de utilizar energia limpa em 100% de sua produção. A partir de outubro as unidades fabris localizadas em Itapetinga (BA) e em Horizonte (CE), serão supridas por um dos maiores complexos de energia eólica do mundo, o Rio do Vento, no Rio Grande do Norte. Com a demanda de energia limpa contratada pelos próximos 13 anos, estima-se que este novo perfil de fornecimento evitará o lançamento de 15 mil toneladas de CO2 anualmente na atmosfera, o equivalente ao plantio de 67 mil árvores.

“O resultado deste trimestre ratifica a força das nossas marcas e nosso modelo de negócio vencedor, que nos trazem a certeza na continuidade de resultados crescentes maximizando a criação de valor aos nossos acionistas e consumidores”, conclui Bartelle.

Sobre a Vulcabras

A Vulcabras possui mais de 15 mil colaboradores divididos em seis unidades: nas duas plantas fabris localizadas em Horizonte (CE) e Itapetinga (BA); nos centros administrativos em Jundiaí (SP) e na capital paulista; no novo Centro de Distribuição em Extrema (MG) e no Centro de Tecnologia e Desenvolvimento localizado em Parobé (RS). 

No exterior a Vulcabras marca presença em mais de 15 países, com atuação robusta principalmente na América Latina, onde conta com 50 lojas próprias no Peru e Chile.