Fortaleza é 2º destino mais buscado do NE no 2º semestre

barra
O público masculino e mais jovem foi preponderante nas viagens no primeiro semestre em meio à pandemia

A retomada das viagens ainda está tímida devido às incertezas trazidas pela pandemia, mas Fortaleza continua a ser um destino que figura entre os principais, nas buscas dos viajantes e foi a 3ª localidade mais demandada no Nordeste no primeiro semestre, de acordo com o Viajanet. Já no segundo semestre do ano, a Capital cearense aparece em 2º lugar no Nordeste nas pesquisas dos viajantes.

1º semestre

No ranking geral lidera São Paulo -Guarulhos (7,7%), seguido de Recife (7%) e Salvador (5,7%). Na sequência, dentre os Top 10, aparecem o Rio de Janeiro (5,4%) e Fortaleza (5,4%) empatados, Porto Alegre (4,4%), São Paulo - Congonhas (4,2%), Maceió (3,4%), Brasília (3,1%) e Curitiba - 2,2%.

Projeção do 2º semestre

Para o segundo semestre, a pesquisa mostra como mais procurados: São Paulo (GRU) com 7,5%, Recife (5,3%), Porto Alegre (5,4%), Brasília (4,6%), Fortaleza (4,1%), Salvador (4,0%), Rio de Janeiro - Santos Dumont (3,3%), São Paulo -Congonhas (2,7%), Rio de Janeiro - Galeão (2,3%) e Florianópolis (2,1%).

Viajantes por gênero

No perfil de consumo, homens se destacaram nas compras, sendo mais de 58% do total, enquanto mulheres um pouco mais de 41%.

Jovens viajaram mais

O ranking das idades que mais compraram no período foram os jovens entre 25-34 anos, representando mais de 31%; a faixa dos 18-24 anos ultrapassa os 22%.

Os viajantes entre 35-44 somam quase 18%, seguidos das pessoas com idade entre 45-54, totalizando mais de 12%, o perfil dos 55-64 representa 9,5% e a faixa acima dos 65 anos, um pouco mais do que 6%.

Mercados em junho

No mês de junho deste ano, o turismo de descanso foi mais demandado. As cidades de Recife e Porto Alegre aparecem como os destinos mais vendidos com 7,6% e 6,9%, respectivamente. Em seguida, aparecem Fortaleza (6,3%) e São Paulo (GRU), com 6,2%. Salvador figura em 5º lugar, com 5,4% da procura.

Completam o Top 10 o Rio de Janeiro (5,3%), São Paulo (CGH) com 3,9%, Brasília (2,9%), Curitiba (2,5%) e Rio de Janeiro (GIG) com apenas 2,4% das buscas.

Nas compras das passagens os homens representaram 60,7% e as mulheres, 39,3%. E o ranking etário foi: 25-34 anos, liderando com mais de 31%; a faixa dos 18-24 anos ultrapassa os 21%. Os viajantes entre 35-44 somam um pouco mais de 18%, seguidos das pessoas com idade entre 45-54 totalizando mais de 12%. O perfil dos 55-64 representa um 9,6% e a faixa acima dos 65 anos, um pouco mais do que 6%.

Praias e frio como atrativos

“Mesmo com a chegada do frio, cidades onde a praia é um forte chamariz para turistas se mantiveram em alta na busca de passagens, como é o caso de Recife.

Entretanto, as pessoas também procuraram as baixas temperaturas para descansar, por essa razão Porto Alegre aparece em segundo”, aponta Daniely de Oliveira, gerente de comunicação do ViajaNet.

Internacionais

Em âmbito internacional, os destinos mais buscados neste ano foram: Cancún 13,5%, Lisboa 10,2%, Nova York (JFK) 5,4%, Dubai (DXB) 3,0%, Orlando (MCO) 2,6%.