Instituto Rui Barbosa: Edilberto Pontes é novo presidente

img1
Eleito para liderar o IRB no biênio 2022-2023, o conselheiro Edilberto Pontes destacou, entre as metas prioritárias de sua gestão, a criação de um núcleo de estudos avançados

“A casa que produz e dissemina conhecimento é uma casa ativa, que trabalha muito e busca constantemente a relevância.” A afirmação foi feita durante discurso de posse do conselheiro Edilberto Pontes (TCE Ceará) como Presidente do Instituto Rui Barbosa (IRB). 

A solenidade foi realizada nesta terça-feira (22/2), em Brasília, ocasião em que também foram empossados os presidentes da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), Cezar Miola (TCE-RS), e da Associação Brasileira de Tribunais de Contas dos Municípios (Abracom), Joaquim de Castro Neto (TCM-GO).  

Eleito para liderar o IRB no biênio 2022-2023, o conselheiro Edilberto Pontes destacou, entre as metas prioritárias de sua gestão, a criação de um núcleo de estudos avançados. “Discutir os grandes temas nacionais será um imperativo. Reforçaremos, também, a interação com atores relevantes da ciência nacional e internacional.”

Homenagens

“Registro o excepcional trabalho de todos os presidentes e diretores que me antecederam. Sou testemunha da dedicação, dinamismo e comprometimento com que se pautaram, muitas vezes com sacrifícios pessoais. Suceder Ivan Bonilha é uma grande honra. Agradeço a confiança dos presidentes que referendaram meu nome. Todos sabem que o presidente tem a função de coordenação, mas o trabalho é coletivo. Acredito muito no poder da cooperação. O IRB só é relevante pois tem o apoio dos 33 Tribunais de Contas. Trabalhar próximo aos Tribunais e suas escolas de contas é um dos pilares do sucesso do Instituto. Registro o excepcional apoio do TCE Ceara, que será subsede do IRB, e agradeço em nome do Presidente Valdomiro Távora. Essa parceria é fundamental,” afirmou o presidente do IRB, Edilberto Pontes.

A articulação institucional, o uso de tecnologias na área da fiscalização e o fortalecimento do sistema de controle externo foram alguns dos temas abordados nos discursos dos novos presidentes.