Hospital Sopai recebe apoio da Primeira Dama em mutirão

onelia
Onélia Santana abraçou o maior mutirão de consultas e serviços de TEA (Transtorno do Espectro do Autismo) já realizado no Estado com o Sopai Foto: Júlio César

Sensível à causa e engajada de maneira voluntária nos projetos de governo a favor das famílias mais carentes, a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, abraçou o movimento em benefício das crianças autistas e lançou o maior mutirão de consultas e serviços de TEA (Transtorno do Espectro do Autismo) já realizado no Estado.

Parceria do Programa Mais Infância Ceará, Sopai Hospital Infantil Filantrópico e da Secretaria de Saúde do Estado, o serviço tem previsão de início ainda para este semestre e será realizado no Sopai.

Mais Infância

O Programa Mais Infância foi criado pela primeira-dama Onélia Santana, em agosto de 2015, e defende a necessidade de um olhar especial e mais dedicado à infância, a partir de um diagnóstico da situação do Estado na área e do mapeamento das ações voltadas para diversos segmentos. De natureza multissetorial, o Programa Mais Infância Ceará é estruturado em quatro pilares: Tempo de Nascer, Tempo de Crescer, Tempo de Aprender e Tempo de Brincar.

Sopai

Com aproximadamente 400 leitos, o SOPAI é o maior hospital de pediatria clínica do Brasil, segundo dados da CNES/SUS, e o único hospital infantil filantrópico de Fortaleza. Os leitos são distribuídos em enfermarias pediátricas, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), ala de internação para crianças com doenças raras/condição crônica complexa (CCC), além de um posto especializado no tratamento e acolhimento de crianças e jovens com dependência química e transtorno mental.

Aberto 24 horas, todos os dias da semana, o SOPAI Hospital Infantil Filantrópico presta serviços de saúde a crianças e jovens carentes com idade entre 0 e 17 anos - provenientes de Fortaleza e de outros municípios cearenses - há 62 anos, e realiza cerca de 15 mil consultas e 1.500 internações por mês, sendo 93% destes atendimentos destinados ao SUS - Sistema Único de Saúde. A unidade hospitalar promove ainda mutirão de cirurgias que beneficia mais de 2.500 crianças e adolescentes.