Setores de cosméticos e saneantes realizarão Expo Química

img1
4ª Expo Ceará Química ocorrerá nos dias 6, 7, 13 e 14 de outubro. O evento será virtual, gratuito e as inscrições podem ser realizadas por meio da plataforma Sympla

Pela sua abrangência e diversidade, o setor químico tem sido cada vez mais um dos grandes impulsionadores da economia, sendo responsável por uma parcela considerável no desenvolvimento local e nacional.

No intuito de reunir alguns dos maiores especialistas do setor químico para apresentar e debater sobre temas atuais e relevantes da área, em especial dos segmentos de cosméticos e saneantes, o Sindicatos das Indústrias Químicas do Estado do Ceará (Sindquímica-CE) realiza nos dias 6 e 7, 13 e 14 de outubro a Expo Ceará Química 2021, considerado um dos maiores eventos do setor em todo o Norte e Nordeste.

Setor representado

Para essa quarta edição, estão confirmadas as presenças de representantes das principais entidades da área química e dos setores industrial e empresarial, a exemplo da ABIPLA (Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes), ABHIPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) e Fundação Dom Cabral. 

Dentre os temas que serão abordados, estão: “Inovação no mercado de HPCC (higiene pessoal, perfumaria e cosméticos)”, “A indústria de Saneantes no Brasil a partir da pandemia do Coronavírus e perspectivas para 2022”, “Contexto, Perspectivas e Exigências para se ter sucesso na Indústria” e “As vantagens do Gás Natural para a Indústria Química”. O evento também reservará um momento para o Observatório da Indústria da FIEC expor um panorama do setor químico no Brasil e lançar o Projeto Fronteiras Tecnológicas Bio-Nano.

“O setor químico, assim como os demais setores da economia, viveu momentos desafiadores no último ano, com a pandemia da Covid-19 em todo o mundo, e teve que adaptar-se para atender uma alta inimaginável na produção e venda de itens como o álcool em gel e produtos de limpeza, tendo ainda alguns reveses em outros segmentos, em especial, por falta ou escassez de matéria-prima ou, mesmo, pelos altos valores cobrados em matérias-primas essenciais, pela alta do dólar. Mas, sinto que conseguimos superar o pior momento para o nosso setor e até mesmo nos reerguer, retomando um movimento de crescimento”, contextualiza o presidente do Sindquímica-CE, Paulo Gurgel.

PIB de R$ 1,55 bi

O reerguimento celebrado pelo presidente do Sindquímica é comprovado pelos números. Hoje, o setor químico é o 6° no ranking da economia cearense, com um PIB de R$ 1,55 bilhões, participando com 6,3% na indústria cearense e empregando, formalmente, 13.113 pessoas. Somente de janeiro a julho deste ano, o crescimento na fabricação de produtos químicos foi superior a 30%.

“Se buscarmos os resultados dos dois segmentos que serão focados na Expo Ceará Química – o de cosméticos e o de saneantes, tivemos crescimento de 8,5% no setor de cosméticos, em estoque de emprego; de 11,41%, na fabricação de produtos de limpeza; e de 3,5% de sabões e detergentes sintéticos. Então, incremento na geração de empregos representa, também, crescimento no setor”, complementa Paulo Gurgel.

As webinars da 4ª Expo Ceará Química ocorrerão sempre das 19h às 20h30, facilitando a participação de todos os interessados. Realizado para profissionais e empresários do setor químico, meio acadêmico e fornecedores das indústrias de cosméticos e saneantes, o evento cria uma ambiência segura para realização de negócios, intercâmbio de conhecimento e networking.

Serviço

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.sympla.com.br/4-expo-ceara-quimica---expo-digital-2021__1331425. Mais informações sobre o evento e o link direto para as inscrições estão no perfil do Sindquímica no Instagram (@sindquimicaceara).