Sesi CE disponibiliza 5,2 mil vagas em educação na indústria

img1
Nova EJA  apresenta como principal benefício a possibilidade de uma certificação rápida em 10 meses

O Sesi Ceará reforça o seu papel no cenário educacional com a missão de elevar a escolaridade dos trabalhadores da indústria e seus dependentes e, neste ano, estende o seu atendimento Educacional de Jovens e Adultos (EJA) para a comunidade, possibilitando uma oportunidade para esses estudantes terem seus saberes reconhecidos e formalizados.

Para o trabalhador da Indústria e seus dependentes o Sesi Ceará disponibiliza 5.200 matrículas divididas nas unidades Parangaba, Juazeiro e Sobral, de forma gratuita. Para a comunidade são cerca de 600 matrículas com o valor de R$ 930 reais, que poderá ser parcelado de acordo com a quantidade de meses de aula, entre 6 ou 10 meses.

Critérios

Entre os requisitos estão idade mínima de 15 anos para cursar o Ensino Fundamental II; e idade mínima de 18 anos para cursar o Ensino Médio. O novo método já está ativo nas empresas de forma remota. O Certificado da Nova EJA (Educação de Jovens e Adultos) do SESI Ceará é válido em todo Brasil.

De acordo com Danielle Santos, coordenadora de Educação do SESI Ceará, a Nova EJA possui uma proposta educacional inovadora e adequada à Base Nacional Comum Curricular. “Com aulas por área do conhecimento e desenvolvimento de habilidades e competências com uma carga horária de 1.200 horas em que o estudante, com o uso da metodologia de Reconhecimento de Saberes (RDS), tem a possibilidade de diminuir o tempo de estudos de 22 a 24 meses para 6 ou 10 meses de acordo com o seu critério”, explica.

A Nova EJA apresenta como principal benefício a possibilidade de uma certificação rápida e elevação da escolaridade, gerando ao estudante crescimento profissional, desenvolvimento de sua autonomia, do seu protagonismo, reforçando a cidadania e as chances de inserção no mercado de trabalho.