Salário mínimo previsto de R$ 1.192,40 em 2022, sem ganho real

minimo
Até agora, não houve aumento real do salário mínimo no governo Bolsonaro. Isto ocorre pelo terceiro ano consecutivo e a inflação segue acelerada

A inflação em alta sem trégua está obrigando o governo federal a rever o valor do salário mínimo para 2022 pela terceira vez. Com a nova previsão para o INPC no acumulado de 2021, o valor subiria para R$ 1.192,40 no ano que vem. 

O governo elevou de 6,2% para 8,4% a estimativa de inflação em 2021 medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) gerando a mudança.

Anteriormente, a proposta era de R$ 1.147,00, um aumento de 4,3%. Depois, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) passou a prever um salário mínimo de R$ 1.169,00 para o ano que vem, um aumento de 6,2%, em relação à remuneração mínima atual de R$ 1.100,00. 

Sem aumento real

Mais um ano e o trabalhador que é remunerado pelo salário mínimo não terá ganho real. Este será o terceiro ano seguido em que o salário mínimo não tem aumento acima da inflação. Portanto, até agora, não houve aumento real no governo Bolsonaro.

Entretanto, esse aumento sequer repõe o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), indicador que mede a inflação oficial do País. A previsão subiu, novamente, de 7,58% para 8%, neste ano. É a 23ª elevação consecutiva na projeção. A estimativa está no boletim Focus de 13 de setembro, pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC), com a projeção para os principais indicadores econômicos.