Pague Menos encerra 2020 com receita bruta de R$ 7,3 bi

pague
A rede de farmácias com origem cearense registrou aumento de 148% de lucro líquido, no último trimestre de 2020 

A rede de Farmácias Pague Menos encerra 2020 com crescimento consistente e em um novo patamar de eficiência. A empresa registrou lucro líquido de R$ 37 milhões no quarto trimestre de 2020, crescimento de 148% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebtiba Ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização)
dos meses de outubro, novembro e dezembro foi R$ 157,8 milhões.

No resultado anual, o Ebtida Ajustado foi de R$ 572,4 milhões, aumento de 14,2% na comparação com 2019.

A Companhia encerrou 2020 com R$ 7,3 bilhões em receita bruta. No quarto trimestre de 2020, atingiu R$ 1,9 bilhão em faturamento, aumento de 12,1% em relação ao mesmo período de 2019.

Vendas

A venda média mensal por loja atingiu R$ 590 mil no quarto trimestre de 2020, incremento de 13,8% em relação ao mesmo período de 2019. Com 1.105 lojas, a Pague Menos registrou aumento nas vendas de lojas já existentes (Same Store Sales) de 14,0% no último trimestre de 2020 e 10,7% no ano, enquanto lojas maduras cresceram 12,3% no quarto trimestre e 8,8% no ano.

“Destacamos o crescimento no conceito lojas já existentes, uma vez que o portfólio de filiais maduras representava 85,6% das lojas no quarto trimestre de 2020. Ou seja, menos de 15% das unidades em fase de maturação e, portanto, com curva de crescimento das vendas mais acentuada. A consistência no crescimento mesmas lojas reforça o sucesso do turnaround executado ao longo dos últimos anos”, afirma o diretor presidente das Farmácias Pague Menos, Mário Queirós.