Pague Menos compra rival Extrafarma por R$ 700 milhões

pm
Concretizada a operação, a Pague Menos se torna a segunda maior varejista de drogarias do Brasil. A liderança ainda é da RD, dona das bandeiras Raia Drogasil (RADL3) e Droga Raia

Um forte movimento da rede de farmácias Pague Menos muda o mercado farmacêutico. O grupo cearense foi às compras, adquirindo a Extrafarma.

A Agência Reuters informou que a operação seria da ordem de R$ 600 milhões. O negócio acabou sendo confirmado por R$ 700 milhões.

Com a transação de fato concretizada, a rede cearense exclui um dos maiores concorrentes, além de agregar 402 novas lojas à sua rede. No total, passam a ser 1.905 unidades, caso todas sejam mantidas em operação. A Extrafarma é parte do grupo Ultrapar.

Fato relevante

Após a publicação da informação da negociação, a Pague Menos liberou fato relevante confirmando a iniciativa, dizendo que não havia, "até o presente momento, qualquer contrato vinculante celebrado acerca de uma eventual transação, assim como não há qualquer garantia sobre a efetivação de qualquer negócio entre a companhia e a Extrafama". Mas, ao fim da tarde desta terça-feira (18), a Ultrafarma confirmou o fechamento do negócio.

Com a operação a Pague Menos passa a ser a segunda maior varejista de drogarias do Brasil. A liderança ainda é da RD, dona das bandeiras Raia Drogasil (RADL3) e Droga Raia. 

Presença ampliada

A  Pague Menos já possuía 1.503 lojas. Com a aquisição, ampliaria a presença principalmente nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, afirmou uma das fontes da Reuters. 

Esta foi a primeira aquisição da Pague Menos desde que listou suas ações na B3 em agosto de 2020. Neste ano, suas ações subiram 19%, com uma performance acima do Ibovespa.

 A  Ultrapar (UGPA3) decidiu vender a Extrafarma em meio a uma grande reorganização de seu portfólio, com o objetivo de se concentrar no setor de óleo e gás.