Natura &Co América Latina atinge 50% de líderes femininas

nat
Após a chegada da Avon ao grupo em janeiro de 2020, os objetivos do compromisso ganham força com mais de 18 mil colaboradores e colaboradoras na América Latina, das quais 60% são mulheres

Uma posição a ser seguida. A Natura &Co América Latina, que reúne as operações de Avon, Natura, The Body Shop e Aesop na região, alcançou o compromisso de ter 50% de lideranças femininas em 2020 ao alcançar 51% de mulheres em cargos de direção ou acima, em 2020.

O compromisso, que faz parte das Ambições 2020 assumidas pela Natura em 2014, foi ampliado para todas as empresas do grupo Natura &Co com o lançamento do Compromisso com a Vida, a Visão de Sustentabilidade 2030 do grupo.

Metas louváveis

Globalmente, o grupo Natura &Co se comprometeu a aumentar o número de mulheres na liderança e no Conselho de Administração de 35% para 50% até 2023, bem como garantir paridade de gênero e remuneração igualitária entre toda a sua força de trabalho até 2023, contribuindo para promover a equidade de gênero na organização.

Avon em destaque

Com a nova organização do grupo, após a chegada da Avon ao grupo em janeiro de 2020, os objetivos desse Compromisso ganham força ao alcançarem mais de 18 mil colaboradores e colaboradoras na América Latina, das quais 60% são mulheres. Em todas nossas unidades de negócio contamos com mulheres altamente qualificadas, capazes, comprometidas em alcançarem suas próprias metas e as dos negócios.

Temos a determinação de promover ao máximo o potencial das talentosas mulheres que fazem parte do grupo e estamos comprometidos com oferecer-lhes a oportunidade de progresso e desenvolvimento que desejem alcançar”, afirma Milena Buosi, gerente de Diversidade e Inclusão de Natura &Co América Latina.

Esforços

Ciente de que o desenvolvimento sustentável só será alcançado se juntarmos esforços para a eliminação das barreiras tangíveis e não tangíveis que limitam o desenvolvimento das capacidades da população feminina, Natura &Co acredita que garantir acesso a condições de trabalho que permitam assegurar melhores condições de vida para mulheres contribui também com a redução da desigualdade social. Essas metas se alinham com pelo menos três dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – ODS5: Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas, ODS8: Promover o trabalho Decente e Crescimento Econômico e o ODS10: Redução das Desigualdades.

De acordo com informações divulgadas pela Organização Internacional do Trabalho, 70% das mulheres no mundo têm o desejo de ter um trabalho remunerado, não obstante enfrentam alguns desafios comuns como a dificuldade da conciliação da vida familiar com o trabalho e uma maior dificuldade de acesso a equidade de oportunidades com homens, à medida em que aumentam o nível de escolaridade e expertise.

Transformação social

Em Natura &Co, acreditamos que as empresas são importantes agentes de transformação social e, por meio dos produtos das nossas empresas, serviços e comportamento empresarial, podemos influenciar as mudanças que entendemos necessárias na sociedade. Assim, para promover a equidade de gênero, atuamos através de três pilares: liderança feminina, corresponsabilidade e combate à violência contra a mulher.

Nesse contexto, além das metas de inclusão, temos como compromisso promover bem-estar durante a jornada de trabalho, contribuindo para que as colaboradoras tenham uma melhor experiência e consigam conciliar carreira e com a vida pessoal. Exemplo disso foram as iniciativas implementadas para conviver na nova realidade de trabalho em casa, promovendo horários de almoço estendidos (das 12h às 14h) e ações como Tempo Presente, que deu direito a um dia livre para mães no mês do Dia das Mães.

Violência de gênero

Também foi lançada no ano passado para Natura &Co na América uma política de enfrentamento à violência de gênero, que direciona a adoção de procedimentos e recursos para apoiar as colaboradoras que estiverem em situação de violência. Antes dessa unificação, as principais empresas do grupo, Natura e Avon, possuíam protocolos locais de apoio às colaboradoras em situação de violência em alguns países, que agora serão ampliados para toda a região, reforçando o compromisso com a causa e a equidade de gênero na América Latina.

Inovação feminina

Um exemplo de destaque da liderança feminina está na área de inovação: 70% do corpo de cientistas do Centro de Inovação da Natura são mulheres. Elas são mestres, doutoras e PhD de diversas áreas do conhecimento que lideram projetos científicos disruptivos que estão transformando o futuro da cosmética – sem testes em animais, inspirada pelos ativos da biodiversidade brasileira e orientada a gerar benefícios para o meio ambiente e a sociedade.