Educação disruptiva: Sesc Ciência atende mais de 10 mil no CE

sesc
O Sesc vem contribuindo para o desenvolvimento de jovens estudantes e professores utilizando atividades interativas que relacionam fenômenos científicos com fatos do cotidiano

Com o intuito de popularizar o conhecimento científico entre alunos de todos os níveis, tanto da rede pública quanto privada, o Sesc Ciência, uma ação de âmbito nacional do Sesc, vem contribuindo para o desenvolvimento de jovens estudantes e professores utilizando atividades interativas que relacionam fenômenos científicos com fatos do cotidiano.

No Ceará, a iniciativa já atendeu mais de 10 mil estudantes da educação infantil ao nível superior, desde 2007, quando foi implementada no Estado. As atividades oferecidas são gratuitas.

Atividades

O projeto inclui, por exemplo, atividades que demonstram fenômenos da natureza, do universo planetário e do corpo humano de maneira dinâmica, através de experimentos, oficinas, rodas de conversa, produção de conteúdo nas redes e exposições itinerantes e nas Salas de Ciências.

Mais do que a transmissão do conhecimento científico, o Sesc Ciência colabora também com a formação, ajudando a inserir o jovem em áreas relacionadas à tecnologia, que estão cada vez mais presentes no dia a dia. Todas as exposições, palestras e oficinas recebem apoio pedagógico especializado de supervisores, professores e mediadores.

Segundo a professora de biologia Ana Paula Souza, da Escola Municipal Professor José Parsifal Barroso, os espaços e equipamentos ofertados pela Sala de Ciências da Escola Educar Sesc Fortaleza possibilitaram que muitos estudantes tivessem o primeiro contato com experimentos científicos. “Para os alunos esse projeto é de grande valia porque muitos deles não têm acesso a laboratórios, material científico, microscópio, e eles acabaram vendo a ciência e os fenômenos do cotidiano de uma forma que não estavam acostumados. Então houve muita interação com atividades relacionadas aos sentidos, como os fenômenos ópticos”, diz Ana Paula.

Democratização

A diretora da Escola Educar Sesc de Fortaleza I, Wladia de Medeiros, destaca que além de democratizar e popularizar o conhecimento científico, o Sesc Ciência tem por objetivo demonstrar os fenômenos da natureza sob o olhar da Ciência. “Fazemos isso através de atividades interativas, experimentos, rodas de conversa, exposições itinerantes, oficinas, cursos, palestras e visitas mediadas”.

As ações acontecem a partir das Salas de Ciências, espaços não formais de Educação e Divulgação Científica, que estão presentes em todo o Brasil, dos quais três deles localizam-se no Ceará, sendo um em Fortaleza e outros dois no interior do Estado, em Sobral e Juazeiro do Norte. 

O público que acessa a Sala de Ciências é formado, em sua maioria, por professores e estudantes contando ainda com a presença de pesquisadores e a comunidade em geral. Os participantes dialogam com atividades propostas de forma interativa a partir da mediação presencial ou remota promovida pelo grupo de profissionais especialistas que integram este espaço. Essa equipe busca evidenciar o lema de que "o objetivo da Ciência é ser compartilhada", diz Wladia de Medeiros.

Os principais eixos do projeto são: Ciência no cotidiano, Meio Ambiente e Ciência, Tecnologia e Sociedade. Os interessados podem agendar visitas gratuitas às Salas de Ciências das Escolas Educar Sesc nas cidades de Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte. A entrada está aberta ao público de todas as idades e a programação inclui exposições, palestras, oficinas, visitas guiadas e muito mais.

Serviço:
Mais informações: (85) 32066269 ou saladeciencias@sesc-ce.com.br.
Pré-agendamento: campsite.bio/sala de ciências.
A equipe fará contato para agendamento.