Zambon lança o Filtrair, que cria uma barreira protetora nasal

filtrair
Pó de celulose micronizada3 que, aplicado ao nariz, produz uma barreira protetora contra vírus, bactérias e alérgenos4,5 

Você sabia que as infecções das vias áreas superiores (IVAS) são a causa mais comum de atendimentos médicos no Brasil? Enquanto a população adulta desenvolve de 2 a 5 episódios durante o ano, o número de intercorrências em crianças em idade escolar pode variar de 7 a 10.

Além da poluição do ar e das mudanças climáticas, os alérgenos domésticos (ácaros, animais de estimação, poeira e bolores) podem agravar os quadros de rinite, asma e outras doenças respiratórias, especialmente neste período em que as pessoas precisaram se isolar em função da pandemia da Covid-191,2.

A farmacêutica italiana Zambon, atuante no Brasil há mais de 60 anos, lança o Filtrair®, um pó de celulose micronizada3 que, aplicado ao nariz, produz uma barreira protetora contra vírus, bactérias e alérgenos4,5. Filtrair® pode ser utilizado por todos, inclusive por gestantes, lactantes, crianças.4,5.

Duas versões

As duas versões são aplicadas no interior do nariz, como se fosse um spray nasal, e conta com uma tecnologia exclusiva e patenteada.

Quando o pó entra em contato com a umidade da parede nasal, há a formação da barreira9. Com preço de R$ 46,90, as duas versões já foram aprovadas pela Anvisa e chegam às farmácias brasileiras em fevereiro de 2021.

Enquanto o Filtrair® Defense auxilia na prevenção de gripes e resfriados3, o Filtrair® Prevent é indicado no auxílio preventivo contra as alergias4, podendo ser utilizado antes de entrar em contato com alérgenos. Isso pode ajudar aquelas pessoas que sempre manifestam quadros alérgicos quando em contato com animais, livros antigos, poeira em casa ou durante uma viagem, por exemplo3,4.

Filtrair® Defense age como barreira impedindo o vírus de acessar as vias aéreas superiores, impedindo sua manifestação e sua replicação10 . "Em um ano marcado pela ansiedade e medo de se contaminar com o novo Coronavírus, o produto surge como uma proteção extra, mais um aliado para que as pessoas possam retomar gradualmente suas atividades ao longo de 2021, como trabalho presencial, aulas e viagens.

O objetivo é que o produto seja utilizado como mais uma barreira de proteção, além da máscara, lavagem das mãos e uso de álcool em gel, e passe a ser incorporado como um novo hábito para se proteger contra vírus, bactérias e alérgenos", afirma Carolina Lapetina, gerente de marca da linha respiratória da Zambon.