Ritmo do câmbio: gasolina tem 4º aumento do ano e diesel o 3º

posto
A partir desta sexta-feira (19), será aplicado novo reajuste. A gasolina nas refinarias acumula alta de 34,78% desde o início do ano e o diesel subiu 27,72% no mesmo período Foto: Agência Brasil

A situação fica insustentável para proprietários de veículos e a atividade econômica, gerando mais inflação. A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (18) um novo aumento médio nos preços da gasolina (10,2%) e do diesel (15,1%) em suas refinarias, que chegarão a R$ 2,48 e R$ 2,58 por litro, respectivamente. Este é o quarto aumento para a gasolina e o terceiro para o diesel só em 2021.

Em Fortaleza, nas bombas, o preço já supera os R$ 5 e agora, no atual ritmo, aos poucos segue para a casa dos R$ 6 em municípios cearenses onde o frete para a chegada do combustível pesa mais.

A partir desta sexta-feira (19), será aplicado um reajuste de R$ 0,23 para o litro da gasolina e de R$ 0,34 para o do diesel. 

O preço cobrado nas refinarias da Petrobras corresponde a cerca de 33% do preço pago pelos consumidores finais da gasolina e a 51% do preço final do diesel, segundo a estatal. A companhia explica que "até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos postos revendedores de combustíveis".

No ritmo do câmbio

Os preços praticados nas refinarias da Petrobras são reajustados de acordo com a taxa de câmbio e a variação do preço internacional do petróleo, negociado em dólar. Desde janeiro, a Petrobras já reajustou três vezes o preço do diesel e quatro vezes o da gasolina, que tinha o valor médio de R$ 1,84 em 29 de dezembro e chegará a R$ 2,48 com o reajuste que vigora a partir de amanhã. 

Em 18 de janeiro, a estatal anunciou um aumento médio de R$ 0,15 para a gasolina e manteve o preço do diesel. No dia 26 do mesmo mês, um novo reajuste elevou o preço nas refinarias em R$ 0,10 para a gasolina e em R$ 0,09 para o diesel. Já em 8 de fevereiro, foi anunciado um aumento de R$ 0,17 para a gasolina e de R$ e de 0,13 para o diesel.