Fraport: poste impede homologação de pista do aeroporto

pista
O Comando da Aeronáutica afirma que o poste precisa ser rebaixado em 1,83m para que a pista expandida em 210m, totalizando 2.755m, possa operar com segurança Foto: Fraport

A Fraport, concessionária do Fortaleza Airport, afirma que um poste de eletricidade da Enel, localizado na Avenida Carlos Jereissati, está impedindo que a nova pista do aeroporto internacional de Fortaleza seja homologada para operações.

De acordo com o Comando da Aeronáutica (Comaer), o objeto precisa ser rebaixado em 1,83m para que a pista expandida em 210m, totalizando 2.755m, possa operar com segurança.

Notificação

Ainda de acordo com a Fraport, a Enel foi notificada sobre a necessidade do rebaixamento e tem orçamento liberado pelo governo para realizar a adequação.

"Desta forma, a Fraport Brasil aguarda apenas a empresa confirmar quando iniciará os trabalhos. Com a nova pista, entregue pela administradora do aeroporto no ano passado, será possível recepcionar novas rotas para impulsionar a economia e o turismo no Ceará", diz a concessionária alemã.

Enel

A Enel Distribuição Ceará informou em nota "que o pedido foi recebido pela companhia e a solicitação será atendida ainda este mês".

A pista

A Fraport Brasil concluiu em 30 de julho, as obras de expansão da pista de pouso e decolagem, nova taxiway P, RESA 13 (área de segurança) e subestações 13 e 31 do aeroporto. A pista foi expandida em 210 metros, com comprimento total atual de 2.755 metros.