Escola de Consultores da Gomes de Matos em sua 33ª turma

gomes
A Escola de Consultores aderiu completamente ao modelo remoto e, a partir desta turma, a trigésima terceira edição do curso, as aulas acontecerão de forma 100% online

O cenário que se apresenta, diante da pandemia do coronavírus, trouxe novas necessidades que afetaram todas as áreas da nossa vida, especialmente o mundo trabalho e a carreira. O desemprego é preocupante.

Nessa perspectiva, a Gomes de Matos Consultoria vem ajustando sua atuação no mercado e oferecendo soluções para seus clientes,  inclusive os do segmento de educação corporativa. 

A Escola de Consultores aderiu completamente ao modelo remoto e, a partir desta turma, a trigésima terceira edição do curso, as aulas acontecerão de forma 100% online, ao vivo.

O curso, dividido em módulos, tem por objetivo desenvolver e maximizar a performance do aluno, acelerar os resultados da sua transformação, proporcionar uma experiência de aprendizagem intensa, única, além de potencializar o networking, entrar em contato com as melhores ferramentas do mercado e potencializar a jornada profissional. 

Especialistas

Ministrada por um time de especialistas, o curso oferece novas oportunidades a diversos públicos, entre os quais, desempregados ou pessoas que tiveram a renda reduzida em virtude da crise, gestores que pretendem evoluir em suas áreas, profissionais das áreas de recursos humanos e finanças que almejam a carreira de consultores autônomos, àqueles têm sede de conhecimento e possuem dúvidas em relação à escolha profissional.

A Escola de Consultores vai proporcionar as mais novas e eficientes ferramentas, que facilmente podem ser aplicadas em segmentos variados, além de ser importante para o desenvolver capacidades e auxiliar a dar um salto na carreira. 

Cenário

Segundo Eduardo Gomes de Matos, baseado em um estudo do McKinsey Global Institute, cerca de 800 milhões de pessoas em todo o mundo ficarão desempregadas até 2030. Essas pessoas deverão encontrar novos empregos, mas 375 milhões de pessoas - 14% da força de trabalho do mundo – poderão ter que encontrar novas profissões para voltarem ao mercado de trabalho. 

Isso acontecerá porque algumas profissões desaparecerão ou precisarão de muito menos pessoas do que as atuais graças à automação, segundo o estudo. O nível de disrupção é altíssimo: 800 milhões de pessoas é mais de 10% de toda a população mundial. Mas é o caminho natural para a economia mundial e uma tendência, não dá para fugir disso. O mais importante é conseguir adaptar-se para este novo mundo que está surgindo. Assim sendo, muitos profissionais poderão ter trabalho e renda se souberem transformar conhecimentos adquiridos ao longo da carreira em renda. E é isto que a Escola de Consultores ensina!

Serviço

Para mais informações:  https://materiais.gomesdematos.com.br/33-escola-de-consultores