Beach Park conquista selo de lazer seguro e faz promoção

beach
Valor do ingresso individual custará R$ 150,00, podendo ser parcelado em até 10 vezes para compras realizadas até 31 de janeiro

O Beach Park conquistou o selo “Lazer Seguro” emitido pela Secretaria de Saúde do Ceará, obtido após a Vigilância Sanitária avaliar que o empreendimento se adequa aos novos protocolos exigidos pelo governo estadual. Além disso, o parque está com promoção para os residentes no Ceará.

Os moradores do Estado poderão adquirir o ingresso individual para o parque aquático pelo valor promocional de R$ 150,00, podendo ainda ser parcelado em até 10 vezes.  

 Como adquirir

Os ingressos poderão ser comprados até o dia 31/01 no site oficial do Beach Park (beachpark.com.br) ou Central de Vendas (85) 4012.3030, e poderão ser utilizados até 24/12/2021, exceto durante o Carnaval. O cliente que adquirir o produto deverá apresentar na entrada do parque um comprovante de residência atualizado ou apresentar documento de identidade com foto expedido no Ceará.  

“A Campanha de Residentes oferece condição especial e exclusiva no preço do ingresso individual para os que moram no Ceará. É uma forma de valorizarmos e incentivarmos o turismo local e que tem tido um enorme sucesso desde sua primeira edição”, ressalta Felipe Lima, Diretor Comercial do Beach Park. 

Alta estação

Para os meses de alta estação, a fim de permitir que o público possa ter uma experiência completa em todas as suas atrações, o Beach Park ampliou seus dias de funcionamento: o parque aquático estará aberto diariamente, de 11h às 17h, até o fim do mês de janeiro/2021, seguindo as determinações do decreto governamental e atendendo com capacidade reduzida. A Vila Azul do Mar também acompanhará a ampliação do funcionamento do parque e estará aberta todos os dias, atendendo das 16h às 22h.

Turista protegido

O selo tem validade de um ano. Desde a sua reabertura em agosto último, o complexo segue rígidos protocolos sanitários, com implantação de medidas avançadas de biotecnologia, sendo também certificado pelo selo Turista Protegido, do Ministério do Turismo, e pelo selo Safe Travels, concedido pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC).