Sérgio Ribeiro é novo presidente da Mob Telecom e Wirelink

mob
Holding Alloha Fibra anuncia novo presidente para a Mob Telecom e Wirelink

Após fusão das operadoras cearenses Mob Telecom e Wirelink, duas das principais empresas de telecomunicação do Ceará e que integram a Holding Alloha Fibra, o grupo anuncia Sérgio Ribeiro como novo presidente das companhias. 

Ribeiro foi vice-presidente e COO (Chief Operating Officer) da Sky Brasil. Salim Bayde e Adriano Marques, então CEOs da Mob e Wirelink, respectivamente, passam a fazer parte do conselho da empresa. O evento que marcou o anúncio sobre a movimentação contou com a presença do CEO da Alloha, Alexandre Moshe, e do Presidente do Conselho de Administração, Pedro Parente, e o processo de transição deve durar até o fim do próximo mês de maio.

Perspectiva

Salim Bayde comemora a chegada de Sérgio ao time e reforça expectativa de projeção e crescimento para o negócio. “É um marco para a profissionalização da Companhia. Acabamos de concluir a auditoria do balanço de 2021 e, com essa nova fase, esperamos levar a empresa para outro patamar de resultados”, explica o executivo.

Para Adriano Marques chegou a hora de ir além. “Os negócios estão crescendo muito. Um executivo com mais de 30 anos de experiência em Telecom é o que precisamos para suportar e garantir o crescimento perene e sustentável. Salim e eu seguimos com uma atuação mais voltada à estratégia e direcionando muitos projetos para a Companhia ainda para este semestre”, finaliza.

Perfil

O novo presidente Sérgio Ribeiro é formado em engenharia civil, administração de empresas, possui MBA em gestão e contabiliza mais de 30 anos de carreira. O executivo destaca a força resultante da fusão das duas empresas e diz que é um momento de consolidação nacional. 

“É um grupo que tem uma atuação muito forte junto ao público B2C no Norte e no Nordeste do Brasil e uma atuação relevante junto ao B2B nacionalmente. Além disso, temos um foco grande no crescimento orgânico e vamos capturar as principais oportunidades de crescimento inorgânico”, comenta o executivo. “Outro ponto forte é o time altamente qualificado e engajado em ambas empresas e que terá um papel fundamental para darmos esse salto em crescimento que estamos projetando para os próximos anos”, finaliza Ribeiro.