Vendas de mel sobem 20% e adoçam faturamento nos Mercadinhos São Luiz

mel
O estabelecimento oferta mais de 40 rótulos disponíveis, alguns deles produzidos bem perto, como é o caso dos itens fornecidos pela Floema Indústria, com sede em Aquiraz

A pandemia trouxe o impacto nos cuidados com a saúde. Para muitos, foi uma oportunidade de adotar costumes e um novo consumo buscando estar saudável.

De grande aliado da saúde a ingrediente nas mais diversas receitas, o mel é um produto versátil que não pode faltar na casa dos brasileiros. 

Nas lojas do Mercadinhos São Luiz, foi registrado, diante da pandemia de Covid19, um crescimento de 20% nas vendas de produtos à base de mel no primeiro quadrimestre de 2021, comparado ao mesmo período do ano passado.

A rede, com foco em produtos que proporcionam saúde, vê demanda e faturamento se elevarem nesse contexto.

São mais de 40 rótulos disponíveis, alguns deles produzidos bem perto, como é o caso dos itens fornecidos pela Floema Indústria, com sede em Aquiraz.

Outros produtos

Além do mel, a empresa fornece compostos com própolis, romã, eucalipto, gengibre, e outros elementos naturais. E nesta quinta-feira, 20 de maio, data que marca o Dia Mundial das Abelhas, grandes responsáveis pela produção da iguaria, vale ressaltar o trabalho sustentável desenvolvido pelos produtores da marca Nectar Floral, da Floema.

“Há vários anos trabalhamos com vários apicultores na conscientização e manejo para apicultura orgânica, para o crescente mercado de exportação de mel orgânico. A apicultura orgânica exige que na região onde ficam as colmeias não seja utilizado nenhum tipo de agrotóxico”, afirma Humberto Júnior, diretor da empresa.

Ele acrescenta que por ser uma atividade que não agride o meio ambiente, muito pelo contrário, estimula a preservação, a conservação de biomas nordestinos como a caatinga está sendo cada vez mais valorizada pelos agricultores e apicultores, trazendo assim um mútuo benefício para a natureza e seres humanos.

Dia Mundial das Abelhas

Estabelecido pela ONU durante a Assembleia Geral das Nações Unidas em dezembro de 2017, é comemorado todo dia 20 de maio desde 2018. O dia escolhido foi uma homenagem ao esloveno Anton Janša, nascido em 1734 e considerado o pioneiro da apicultura moderna. Segundo a ONU, a data foi proclamada para lembrar a importância da polinização para o desenvolvimento sustentável.