M. Dias Branco vai às compras e leva paranaense Jasmine

jasmine
Fábrica da Jasmine Alimentos, que é referência no segmento de alimentação saudável e funcional, especializada em alimentos integrais, orgânicos e zero açúcar

A fabricante de massas e biscoitos M. Dias Branco cearense foi mais uma vez às compras. Desta vez, o alvo foi a paranaense Jasmine Alimentos, especializada em alimentos integrais, orgânicos e zero açúcar.

A aquisição inclui a fábrica de 15 mil m² da empresa paranaense em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.

A Jasmine projeta um faturamento de R$ 200 milhões em 2022. O portfólio da empresa soma 140 SKUs, sobretudo das categorias de cookies integrais, granolas, pães sem glúten e outros cereais. Agora, a operação será submetida à análise do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Caso a transação com a M. Dias Branco seja aprovada, a expectativa é fortalecer sua presença em novas praças e ampliar os investimentos em produção e na área de trade. 

Atualmente, a Jasmine atua em aproximadamente 26 mil pontos de venda nas cinco regiões do Brasil. Segundo a empresa, cerca de 50% da receita é proveniente do estado de São Paulo e da região Sul. A indústria foi criada em 1990 e, depois, em 2014 passou às mãos dos fundadores, pela multinacional francesa Nutrition et Santé.

Latinex

Esta é a segunda aquisição da M. Dias Branco em menos de um ano. Em setembro de 2021, a empresa anunciou a compra da Latinex, também paranaense, com marcas como Fit Food (snacks denominados saudáveis), Smart (temperos) e Frontera (tex mex). O portfólio da empresa também conta com as marcas Piraquê, Vitarella, Adria, Fortaleza e Isabela.