Aeroporto de Juazeiro do Norte terá R$ 168,2 mi do BNB para reforma

img1
Contratos do Banco do Nordeste e Ministério do Turismo foram assinados para bancar a reforma do terminal cearense e de mais cinco

O Aeroporto de Juazeiro do Norte, que atende cerca de 27 mil passageiros por mês, terá investimento de R$ 168,2 milhões para reforma.

Os recursos foram assegurados pelo ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, e o presidente do Banco do Nordeste, José Gomes da Costa, que assinaram, nesta terça-feira (1), no Recife (PE), contratos de financiamento no valor de R$ 886,9 milhões para reforma dos aeroportos nas cidades de Recife (PE), Campina Grande (PB) e Juazeiro do Norte (CE). Os recursos também serão utilizados na construção de um complexo turístico no centro histórico do Recife.

Aena

Os três aeroportos operados pela concessionária Aena Brasil fazem parte do bloco Nordeste e devem receber R$790,9 milhões para obras de reforma e modernização. Os recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) liberados pelo BNB são da linha FNE Proinfra.

O aeroporto do Recife irá receber R$ 508,9 milhões. O valor será utilizado em construção civil. O equipamento tem um fluxo médio de 600 mil passageiros. Já para o aeroporto de Campina Grande o financiamento será de R$ 113,8 milhões. Trafegam por lá cerca de 11,4 mil passageiros por mês.

Desenvolvimento

Para o presidente do BNB, José Gomes da Costa, os recursos liberados pelo banco trazem desenvolvimento em curto e longo prazos. “Ao investir em equipamentos como aeroportos e o complexo turísticos, o BNB está ajudando a gerar emprego e renda de forma imediata com as obras, mas também criar estrutura para atrair mais turistas para esses estados. Como sabemos, o turismo é um importante motor para a economia no Nordeste”, afirma.

Além dos três equipamentos a serem financiados pelo Banco do Nordeste, outros três aeroportos (João Pessoa-PB, Aracaju-SE e Maceió-AL) também terão contratos assinados nesta terça-feira no valor de R$ 1,2 bilhão. Desse total, R$ 809,2 milhões são do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e R$ 400 milhões da empresa responsável pela administração dos aeroportos, a Aena Brasil.

Os seis aeroportos movimentam, aproximadamente, 14 milhões de passageiros por ano e foram cedidos à Aena Brasil por 30 anos, a partir de 2020, com o compromisso de realizar investimentos na adequação da infraestrutura e recomposição do nível de serviço estabelecido no leilão da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

 

 

 

 

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, participa nesta terça-feira (01/02), às 12h, no Recife (PE), ao lado do presidente do Banco do Nordeste, José Gomes da Costa, da cerimônia de assinatura de contratos para financiamento das obras no Aeroporto de Juazeiro do Norte (CE) e de outros cinco aeródromos.

Além disso, haverá assinatura de contrato para a revitalização do chamado Porto Novo Recife - berço histórico da capital pernambucana. Os contratos, que contam com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), do Banco do Nordeste, viabilizarão a construção de um complexo turístico com hotel, integrado a uma marina e um centro de convenções.

Também serão assinados contratos de financiamento para investimentos em seis aeroportos da região Nordeste, já licitados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). São eles: Recife (PE), Maceió (AL), João Pessoa (PB), Aracaju (SE), Campina Grande (PB) e Juazeiro do Norte (CE). Os recursos devem viabilizar a ampliação e manutenção das atividades nestes aeródromos.

Serviço

Assinatura de financiamento do BNB
Terça-feira - 01.02
12h - Cerimônia de assinatura de contratos firmados com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) -- Banco do Nordeste para o setor de Turismo
Local: Mar Hotel Conventions Endereço: R. Barão de Souza Leão, 451 - Boa Viagem, Recife -- PE