Petrobras anuncia redução de 3,1% no preço da gasolina nas refinarias

gasolina
Vale destacar que a alta acumulada da gasolina somente neste ano é de 73,4% (dado até outubro)

Não é presente de Papai Noel. Mesmo porque seria preciso muito mais. A Petrobras anunciou redução no preço da gasolina nas refinarias. Será uma queda de 3,1%, a partir desta quarta-feira (15). Com a queda, o litro passa de R$ 3,19 para R$ 3,09. Portanto, R$ 0,10 a menos por litro. A última redução do preço da gasolina pela Petrobras foi no dia 12 de junho.

Mas vamos ver quanto será o repasse ao consumidor final e quando chega, uma vez que nem sempre é imediato quando ocorre queda. Lembrando que o mercado de combustível é livre e os distribuidores podem repassar completamente a redução, parte dela ou até não fazê-lo.

A estatal confirma o que havia sido dito pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, dias atrás (leia também). Mas, segundo a Petrobras,"esse ajuste reflete, em parte, a evolução dos preços internacionais e da taxa de câmbio, que se estabilizaram em patamar inferior para a gasolina”.

O último reajuste nos preços dos combustíveis realizado pela Petrobras foi anunciado no dia 25 de outubro. Naquela ocasião, a empresa aumentou em 7,04% a gasolina e em 9,15% o diesel.

Acumulado

Vale destacar que a alta acumulada da gasolina somente neste ano é de 73,4% (dado até outubro). No diesel, o acumulado é de 65,3%. Os aumentos têm sido impulsionadores da inflação, que já chega ao patamar de dois dígitos e mais que o dobro da meta para este ano.

Mistura

Considerando a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro e 73% de gasolina A para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço da gasolina na bomba passará a ser de R$ 2,26 a cada litro em média. Uma redução de R$ 0,07”, informou, em nota, a companhia.

No comunicado, a Petrobras afirma que “ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato para os preços internos, das volatilidades externas e da taxa de câmbio causadas por eventos conjunturais”.