Santa Branca: adesão a franquia prevê elevar lojas em 88%

santa
O número de lojas da rede deverá saltar das atuais 18 para 34, sendo quatro lojas novas próprias e 12 franquias, com a nova estratégia empresarial

O mercado de farmácias em Fortaleza continua a ser um dos mais disputados. A próxima fórmula para crescer vem da rede de Farmácias Santa Branca, que irá aderir ao modelo de franquias em 2022.

Com a iniciativa, o grupo espera ampliar em 88% o número de lojas, saltando das atuais 18 para 34, sendo quatro lojas novas próprias e 12 franquias.

Investimento

O investimento necessário será a partir de R$ 295 mil reais para lojas com 60m2, já incluindo a taxa de franquia. É ofertado aos franqueados o estoque inicial a partir de parceiros de crédito, equipes de suporte técnico (TI), jurídico, contábil, marketing, legislação (CRF/Bombeiros/ Inmetro/ Visa/ Anvisa), escolhas por geolocalização, prevenção de perdas, infraestrutura e gestão de pessoas. 

O anúncio oficial com mais detalhes da estratégia acontecerá nesta quarta-feira (15), em evento que será realizado para convidados no auditório da rede, localizado na Avenida da Universidade, 3089.

Retorno

Há mais de 35 anos no mercado, fundada por farmacêuticos que entendem do negócio, e que tem faturamento na casa dos oito dígitos anuais, a rede de Farmácias Santa Branca disponibiliza total suporte para seus franqueados. Outras vantagens para se escolher as Farmácias Santa Branca como franquia, de acordo com a rede, é que a empresa já é testada e aprovada pelos consumidores, possui um modelo de consultório farmacêutico inovador (Consultvida), tem marca própria (Natuplen®), lojas com  nova identidade visual, mais de 200 empresas conveniadas (conexões) e uma forte rede de relacionamento com órgãos e instituições da área.

Farmacêuticos

O evento de anúncio da nova estratégia contará com os mais de 30 farmacêuticos da rede, representantes do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Ceará (CRF-CE), do Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Ceará (Sinfarce), do Sebrae, além de representantes do Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Unicred parceiros de crédito da iniciativa. Na ocasião, serão apresentadas mais informações sobre o novo modelo de negócios que tem os farmacêuticos como público preferencial, sem que haja impedimento para a participação de outros empreendedores interessados. 

Mercado

De acordo com informações da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de franquias teve um crescimento de 48,4% no segundo trimestre de 2021. “No Ceará, somos a primeira rede de farmácias que adere ao modelo de franquia. O mercado de drogaria é um promissor para quem deseja investir no segmento, pois apresenta ótimas projeções de crescimento.

Mesmo diante das crises econômicas, o mercado da saúde continua mantendo sua solidez”, afirma o presidente da Rede de Farmácias Santa Branca,Maurício Filizola. “Nosso mercado farmacêutico vem crescendo na casa dos dois dígitos nos últimos anos e se mostra um negócio cada vez mais sólido no Brasil”, complementa. Dados divulgados pelo Congresso Brasileiro do Varejo Farmacêutico (Conbrafarma) mostram o crescimento do varejo farmacêutico impulsionado por associações e franquias, enquanto as grandes redes perdem participação no mercado.