Gol ajusta oferta de voos à nova demanda frente à pandemia

gol
A redução será entre 50% e 60% nos voos domésticos e nas operações internacionais, de 90% a 95% e o cliente deve ficar atento às orientações 

No novo momento de restrições maiores frente à pandemia, a Gol ajusta a oferta de voos à demanda.  A redução será entre 50% e 60% nos voos domésticos e nas operações internacionais, de 90% a 95%.

A readaptação acontece a partir do mês de abril de 2021. "Reforçamos que a cobertura nacional está mantida, oferecendo conectividade entre as capitais e as principais cidades brasileiras. Lembramos que a programação de voos visa sempre garantir o equilíbrio entre o novo cenário de demanda e a qualidade e amplitude da nossa operação".

Consumidor

De maneira a minimizar os impactos e seguir com eficiência na prestação de serviços, a Companhia está convocando todos os Clientes que tenham bilhetes marcados entre 1.º/4/2021 a 30/4/2021 a remarcarem seus voos pelo site https://www.voegol.com.br, em "Confirme seu voo", link criado especialmente para esse processo. A remarcação poderá ser feita para o mesmo período ou para a data mais adequada a conveniência do cliente.

• Como remarcar o voo? Acesse www.voegol.com.br e clique em "Confirme seu voo". É só seguir os passos indicados na página.

• Em março: Como a malha é dinâmica, também podem acontecer alterações nos voos entre 15/3 e 31/3/2021. Nestes casos, a GOL está em contato com os Clientes pelos canais de relacionamento. Recomendamos aos que vão viajar nesse período que verifiquem o status do bilhete no site da Companhia, no link "Confirme seu voo".

• A partir de maio: Para voos a partir de 1.º/5/2021 não há necessidade de remarcação.

Estão garantidas a flexibilidade das tarifas e rotas neste período de remarcação. Os Clientes Smiles também podem fazer a alteração pelo mesmo canal. No caso dos bilhetes adquiridos por agências, a GOL ressalta a importância de os passageiros obterem as informações diretamente com os respectivos agentes.

Sempre atenta aos mais rigorosos padrões de Segurança (nosso valor número 1), como ocorre desde o início da pandemia, a Companhia reforça que todos os voos operados seguem os mais rígidos protocolos em relação à Covid-19 certificados pelo Hospital Israelita Albert Einstein, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, a disponibilização de álcool em gel e a ampla divulgação das medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias do Brasil e do mundo.