Gomes de Matos lança nova turma de "A Nova Gestão"

img1
A Nova Gestão guia o participante rumo à sobrevivência no novo Mercado, com novas regras, novos clientes, novos métodos e tecnologias

A Consultoria Gomes de Matos vai  realizar, nos dias 18 e 19 de novembro, o curso "A Nova Gestão", idealizada pelo sócio-fundador, Eduardo Gomes de Matos, para traçar nova estratégia para garantir a sobrevivência e o  crescimento dos negócios, em tempos de pandemia

A Gomes de Matos vai realizar a próxima turma, de forma presencial, do curso "A Nova Gestão", que tem como proposta auxiliar empresários na definição e implantação da nova estrutura, framework e estratégias que garantirão que as empresas se adequem e absorvam, de forma mais rápida, às mudanças do mercado.

A Nova Gestão guiará o participante rumo à sobrevivência no novo Mercado, com novas regras, novos clientes, novos métodos e novas tecnologias. Segundo Eduardo Gomes de Matos, os negócios devem aprender a ver as coisas de forma diferente, fazer de uma forma diferente e entregar de forma diferente, mas não é fácil, se não tiver ajuda.

Viabilidade

"Para a maior parte das empresas, os negócios, como são conduzidos atualmente, não são mais viáveis. O que o mercado exige não é uma melhoria incremental, mas um aumento de desempenho com ordem de grandeza significativa", explica.

Todos os dias estamos vendo o impacto do aumento da velocidade da informação e das novas tecnologias. De um lado temos as empresas que foram criadas na velha economia e do outro as empresas criadas na nova economia. A batalha tem sido travada pela necessidade de mudar das empresas tradicionais mais rápido do que as empresas da nova economia conseguem escalar. Caso as empresas tradicionais resistam à inovação, e continuem atuando da mesma forma, irão falir.

Os treinamentos tem como objetivo ajudar líderes na nova dinâmica que o mundo adquiriu na pandemia e a adequar-se para ser bem sucedido e atender as demandas do mercado em frenéticas mudanças.

O curso ofertará um diagnóstico online e fará as lideranças verem o que precisam melhorar.

De acordo com Eduardo, é necessário entender a nova economia, suas regras, leis, práticas e os impactos disso nos negócios, além de saber promover inovações incrementais e disruptivas, no mundo volátil, imprevisível, complexo, ambíguo e inédito.  É urgente também conhecimentos novos para o manuseio das novas ferramentas de gestão. "É necessário, estar preparado para lidar com a velocidade absurda das mudanças e dos acontecimentos e saber colocar realmente o cliente no centro dos negócios", argumenta.

Para o economista, não é possível pensar no futuro com a cabeça de hoje. "Não dá para usar os mapas atuais para chegar a destinos novos e desconhecidos", afirma.

Serviço

Inscreva-se: https://novagestao.eduardogomesdematos.com.br/presencial

Para mais informações:

Bruna - https://wa.me/message/LYHAO2I2ICTRK1

Kássio - https://wa.me/message/J7ZBIJO6ESNHI1