Ceará criou 13.420 novos postos de trabalho em julho e lidera no NE

carteira
No País, houve a abertura de 316.580 vagas formais de trabalho em julho, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)

Em julho de 2021 foram criados 13.420 novos postos de trabalho no Ceará. O resultado foi o melhor para os estados do Nordeste, região que registrou um saldo do emprego de 54.456 novas vagas. O Estado soma um saldo positivo acumulado de 46.129 postos de trabalho nos sete primeiros meses do ano.

No País, houve a abertura de 316.580 vagas formais de trabalho em julho, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta quinta-feira, pelo Ministério da Economia.

Neste ano, o País acumula agora a criação de 1.848.304 empregos com carteira assinada. No mesmo período de 2020, haviam sido fechadas 1.092.578 vagas formais.

Desemprego recorde

Apesar do dado positivo, o País está muito longe de atender à necessidade de criação de postos de trabalho, diante do recorde no desemprego.

Em julho de 2020, o País havia criado 137.014 vagas, período em que já estavam em cursos medidas de combate à pandemia de Covid-19 e o desligamento de muitos trabalhadores.