Porto Freire Engenharia comunica fim das atividades após 38 anos

porto
A administração judicial da empresa está em fase inicial de arrecadação das informações e documentações

Em nota oficial à imprensa e ao mercado, a Porto Freire Engenharia, com quase quatro décadas de existência, comunica o encerramento de suas atividades.

A empresa teve sua falência reconhecida judicialmente e decretada na quinta-feira, dia 10/03, pelo Juiz Cláudio de Paula Pessoa, da 2a Vara de Falência e Recuperação de Empresas de Fortaleza-CE. 

A administração judicial, neste momento, está em fase inicial de arrecadação das informações e documentações. A empresa informa que os serviços estão sendo executados pela P2S Administração Judicial, que atende pelo número (85) 30337300. 

Trajetória

De acordo com a empresa, sua trajetória foi marcada por momentos inovadores, mas também registrou anos de dificuldades. A empresa afirma que "tentou contornar ao máximo, a fim de evitar qualquer dano aos seus clientes". 

Na nota a empresa afirma que "a Porto Freire Engenharia foi, acima de tudo, uma escola para a vida, um lugar de desenvolvimento humano, que por muitos anos, tijolo por tijolo, ergueu lares, sonhos e famílias, ao sustentar a felicidade da casa própria, formando ainda centenas de profissionais. Assim, preferimos acreditar que a Porto Freire é mais que uma marca, é um sentimento, um guia de boas condutas. Que a ideia da escola para vida permaneça viva naqueles que puderam vivenciá-la. Temos certeza de que essa ideia nunca morrerá." 

Marca no mercado

Ressaltamos que há exatos nove meses, o nosso fundador, pai, irmão, avô, tio, amigo, chefe, partiu para um outro plano. Irreverente como sempre, foi um homem de grandes ideias. Sua partida foi súbita, mas grande parte de Jorge Wilson Porto Freire permanece viva em sua família, sua obra e seus exemplos.