Ceará fortalece parceria institucional com os EUA

embaixador
“Estamos muito felizes de estarmos aqui, fortalecendo nossas parcerias para o benefício do Ceará e dos Estados Unidos”, disse embaixador norte-americano interino no Brasil, Douglas A. Koneff

O Governo do Ceará assinou com o Governo dos Estados Unidos da América, por meio de seu Consulado Geral no Recife, na manhã desta quinta-feira (05), no Palácio da Abolição, um Memorando de Entendimento que estabelece ampla parceria entre os dois governos. Trata-se de uma iniciativa inédita no Ceará, reforçando o relacionamento institucional com os Estados Unidos, que é o principal parceiro comercial cearense, e também as ações estratégicas de internacionalização do Estado. 

O documento foi assinado pela governadora Izolda Cela e pelo encarregado de Negócios da Missão dos Estados Unidos da América no Brasil, Douglas A. Koneff, embaixador norte-americano interino no Brasil.

Multi áreas

Áreas como educação; saúde; ciência e tecnologia; meio ambiente e mudanças climáticas; segurança pública, incluindo controle de drogas entorpecentes, medidas de combate ao tráfico de pessoas e administração penitenciária; migração; comércio e investimento; agricultura; e turismo estão contempladas no Memorando de Entendimento.

Fortalecimento

O embaixador norte-americano interino no Brasil, Douglas A. Koneff, encarregado de Negócios da Missão dos Estados Unidos da América no Brasil, destacou que o Ceará é líder em muitas áreas e que a parceria entre as partes fortalece a cooperação que já está acontecendo no Estado. “Temos o memorando como um marco para dar continuidade à nossa parceria. Estamos muito felizes de estarmos aqui, fortalecendo nossas parcerias para o benefício do Ceará e dos Estados Unidos”, disse Koneff.

Intercâmbio

Na parceria entre Ceará e Estados Unidos, está previsto o intercâmbio das melhores práticas, serviços e tecnologias; intercâmbio de especialistas e visitas técnicas de ambos os participantes. Será constituído um grupo de trabalho visando o desenvolvimento de projetos de cooperação nessas áreas, bem como a discussão de serviços, tecnologias e modelos de replicabilidade entre ambos para promover uma relação de trabalho mais estreita na identificação e priorização de áreas de cooperação.

De acordo com a governadora Izolda Cela, as ações de Governo do Ceará visam que o Estado se modernize e se conecte com as grandes questões do mundo, ressaltando áreas chaves para o desenvolvimento como educação, saúde, segurança, tecnologia, meio ambiente e transição energética, entre outras.

“Há um esforço sistêmico para garantir que o Ceará tenha uma ambiência mais eficiente para atração de investidores. Na área da energia renovável, por exemplo, temos o potencial de ser o maior fornecedor de hidrogênio verde da América Latina. Por outro lado, temos a frente voltada para o desenvolvimento das pessoas. O grande desafio é um desenvolvimento que inclua as pessoas, que não as deixe à margem, daí nossa obstinação pelo processo de melhoria educacional ao longo desses anos”, disse a governadora, destacando a importância da parceria com os Estados Unidos nesse contexto.

Relação comercial

Os Estados Unidos são o maior parceiro comercial do Ceará do exterior. Esta relação foi ainda mais fortalecida nos últimos anos com o aumento das produções de minério de ferro e placas de aço, consequência da ascensão da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), favorecida pela única Zona de Processamento de Exportação (ZPE) em operação no país, desde 2013, localizada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

Mesmo antes da instalação do equipamento, as relações econômicas do Ceará com os Estados Unidos já eram prósperas, já que as exportações para os Estados Unidos representavam de 20% a 25% da pauta exportadora cearense.