Financiamento imobiliário no CE gira R$ 1,65 bi no 1º semestre

img1
No País, no primeiro semestre de 2021 foram financiados, com recursos da poupança do SBPE, 417,95 mil imóveis, evolução de 160,1% em relação a igual período de 2020

No Ceará, os recursos da poupança movimentaram R$ 1,65 bilhão no primeiro semestre de 2021, um avanço de de 169% ante igual período de 2020 (R$ 612,8 milhões). A preocupação agora é com a inflação de materiais que está elevando os preços dos imóveis.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (22) pela Associação Brasileira de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). O Estado apresentou o 3º lugar no ranking nacional, tendo à frente o Pará e Rio Grande do Norte.

Foram 7,9 mil unidades comercializadas no primeiro semestre de 2021 - 5,3 mil a mais em relação a igual período do ano passado, quando foram quase 2,6 mil unidades financiadas.

Levando em conta somente a aquisição de imóveis prontos, novos ou usados, houve um crescimento de 133% no Ceará no primeiro semestre de 2021. O volume financiado para a construção da casa própria anotou avanço de 418% no primeiro semestre de 2021 comparado a igual período de 2020.

Somente em junho, foram comercializados a partir do financiamento da poupança no Ceará R$ 309,1 milhões, crescimento de 114% em relação aos R$ 144,3 milhões registrados no primeiro semestre do ano passado.
 

Brasil

Junho de 2021 foi mais um mês marcado por recordes do crédito imobiliário. Os financiamentos com recursos das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) atingiram R$ 19,66 bilhões, o maior volume nominal mensal registrado na série histórica iniciada em 1994. O montante foi 12,5% superior ao observado em maio e, comparado com junho do ano passado (R$ 9,27 bilhões), cresceu 112,1%.

No primeiro semestre de 2021, o montante financiado somou R$ 97,05 bilhões, alta de 123,9% em relação a igual período do ano passado. No acumulado de 12 meses, entre julho de 2020 e junho de 2021, o montante financiado somou R$ 177,67 bilhões, alta de 101,1% em relação ao período anterior.

Unidades

Foram financiados em junho de 2021, nas modalidades de aquisição e construção, 86,2 mil imóveis, resultado 17,8% superior ao de maio. Comparado a junho de 2020, a alta atingiu 160%. No primeiro semestre de 2021 foram financiados, com recursos da poupança do SBPE, 417,95 mil imóveis, evolução de 160,1% em relação a igual período de 2020.

No período de 12 meses, entre julho de 2020 e junho de 2021, foram financiados com recursos da poupança 684,02 mil imóveis, resultado 107,6% superior ao do período precedente (329,46 mil unidades).