Bares e restaurantes esperam alta de 35% no faturamento

resto
Fortaleza projeta desempenho acima da média nacional. Monitoramento feito pela Abrasel mostra expectativa de alta  comparada ao Dia das Mães de 2021

Mês de maio é o mês das mamães. A data que aquece o comércio em todo Brasil promete ser boa também para os bares e restaurantes. Segundo levantamento da Abrasel, a média de faturamento no setor para o final de semana do dia das mães deve aumentar em 35% em Fortaleza (quando comparado a 2021) e se equiparar ao período pré-pandemia. 

O número está acima da média das principais capitais brasileiras pesquisadas, que é de 30%. Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte são as cidades com as melhores expectativas: no Distrito Federal, a expectativa é de 60% de aumento na comparação com 2021. 

A comparação com 2019, último dia das mães antes da pandemia, também deve ser positiva. Em Belo Horizonte a expectativa é de 20% a mais do que o faturamento registrado em 2019. Em São Paulo e no Rio de Janeiro também há otimismo: a média de faturamento deve ser 15% maior em relação a 2019. 

Confraternizações

Para Taiene Righetto, presidente da Abrasel no Ceará, o momento de reabertura integral dos estabelecimentos de alimentação fora do lar oportuniza confraternizações familiares, e o setor está ciente e preparado para isto. 

"Acreditamos que, neste cenário em que as pessoas estão voltando a frequentar quase que livremente bares e restaurantes, elas se sintam à vontade para realizar os tradicionais almoços de Dia das Mães.Nossos associados já se anteciparam e irão acolher os clientes da melhor forma", declarou.

Segundo o presidente-executivo da Abrasel, Paulo Solmucci, a expectativa de bom resultado é motivada pelo avanço da vacina e pelo fim das restrições impostas. 

“O dia das mães é o segundo melhor dia do ano em relação ao movimento nos restaurantes, ficando atrás somente do dia dos namorados. Este ano a gente está caminhando para o fim da pandemia. E o fim das restrições, somado à vacina, gera ainda mais confiança para o consumidor, que deve voltar a encher as mesas dos restaurantes nesta data especial”, diz.