Crediamigo atinge 50 milhões de operações; R$ 3,8 bi no CE

img1
Maior programa de microcrédito da América Latina já aplicou R$ 96 bilhões na economia da região desde seu lançamento. Em 2021, foram R$ 12,7 bilhões, sendo mais de R$$ 3,8 bilhões somente para o Ceará

Facilidade no crédito e orientação para o negócio. A fórmula simples iniciada em 1998 resultou no maior programa de microcrédito da América Latina. O Crediamigo do Banco do Nordeste já acumula, nesses 24 anos de atuação, 50 milhões de operações. 

Em volume de recursos aplicados em 2021, foram R$ 12,7 bilhões, sendo mais de R$$ 3,8 bilhões somente para o Ceará, estado que somou 1.396.961 de operações. 

2,4 milhões ativos

A marca foi alcançada no empréstimo para a vendedora autônoma de roupas e cosméticos, Maria da Conceição Rosa, de Cafarnaum (BA). Ela foi homenageada pelo Banco, na sexta-feira (18), em Salvador, em evento com a presença do presidente do BNB, José Gomes da Costa.

Cinha, como também é conhecida, integra uma carteira com mais de 2,4 milhões de clientes ativos. Somente nos últimos dez anos, o programa cresceu 81% em número de clientes e 450% em valor de carteira ativa, que já soma R$ 7,3 bilhões.

Desde sua criação, o Crediamigo vem investindo na base da economia e aplicou, em 24 anos, mais de R$ 96,8 bilhões na região. Na visão do presidente do Banco do Nordeste, José Gomes da Costa, um dos motivos de seu sucesso é a capilaridade. “Os agentes do Crediamigo chegam a todos os municípios onde o Banco atua. Com valor médio de R$ 3 mil por empréstimo, os recursos do programa vêm transformando a vida de milhões de pessoas”.