Custo da energia se mantém em patamar elevado em agosto

energia
Se economizar energia já era importante, agora está indispensável, pois as contas estão chegando cada vez mais elevadas

Sem trégua ou alívio, a bandeira tarifária de agosto de 2021 é vermelha, patamar 2, com custo de R$ 9,492 para cada 100kWh consumidos. 

A justificativa é que, em julho, as afluências nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN) continuam entre as mais críticas do histórico.

Agosto se inicia com igual perspectiva hidrológica, com os principais reservatórios do SIN em níveis consideravelmente baixos para essa época do ano.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), afirma que a conjuntura sinaliza horizonte com reduzida capacidade de produção hidrelétrica e necessidade de acionamento máximo dos recursos termelétricos, pressionando os custos relacionados ao risco hidrológico e o preço da energia no mercado de curto de prazo.

Economizar o possível

Com a manutenção da bandeira vermelha em seu maior patamar é importante reforçar aos consumidores ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia.