Fraport celebra a entrega de obras do Fortaleza Airport

img1
Todas as intervenções de infraestrutura aeroportuária previstas no contrato de concessão foram concluídas pela Fraport Brasil antes do prazo, em julho de 2021, com segurança e qualidade

A Fraport Brasil, administradora do aeroporto de Fortaleza, realizou solenidade de entrega da fase 1B das obras de infraestrutura aeroportuária previstas no contrato de concessão. O evento, que estava agendado inicialmente para março de 2020, aconteceu neste ano em razão da pandemia da Covid-19.

A cerimônia foi realizada no Colosso Lake Lounge e contou com a presença do secretário de turismo do Estado do Ceará, Arialdo Pinho, do vice-prefeito de Fortaleza, Élcio Batista, do diretor da Agência Nacional de Aviação Civil, Tiago Pereira, do presidente da Fraport AG, Dr. Stefan Schulte, da presidente da Fraport Brasil, Andreea Pal, do diretor-presidente da Passarelli, Paulo Bittar, e do presidente da Método, Hugo Rosa. Juntos, fizeram o descerramento da placa, que marcou a entrega das obras, durante a solenidade..

Andreea Pal, presidente da Fraport Brasil, afirma que entregar um projeto de tamanha importância para o estado e o país é muito gratificante. “Agradeço a todos os envolvidos, às autoridades governamentais, aos órgãos parceiros, ao consórcio construtor, todos os stakeholders e ao time incansável da Fraport Brasil. Temos orgulho em cumprir com o acordado e poder contribuir para o desenvolvimento do turismo e da economia local”.

Resultados

“Poder participar deste evento, tão aguardado por todos nós, é um privilégio por vários motivos. Estamos com saúde e segurança, celebrando uma grande entrega, realização de todos nós: um aeroporto de qualidade e padrão internacional, do qual muito nos orgulhamos de ter atuado em suas obras, e que agora está à disposição do povo brasileiro e, principalmente, do Nordeste”, comenta Paulo Bittar, diretor-presidente da Passarelli, empresa líder do consórcio responsável pelas obras de ampliação do aeroporto de Fortaleza.

O que mudou

Além das primeiras intervenções realizadas após assumir as operações do Fortaleza Airport, que contemplaram os sistemas operacionais, iluminação, banheiros, wi-fi e sinalização, a Fraport Brasil iniciou, em abril de 2018, as obras de ampliação do Terminal de Passageiros e, paralelamente, a reforma da estrutura existente.

A primeira grande mudança para os passageiros foi a unificação das salas de embarque doméstico. Em maio de 2019, o acesso ao embarque internacional também ganhou mais espaço, com a área de controle de segurança e passaporte aumentada. No mesmo mês, um novo viaduto foi inaugurado, que ligou a av. Senador Carlos Jereissati ao piso de desembarque.

Em junho de 2019, os passageiros do Fortaleza Airport ganharam mais espaço no embarque e desembarque internacional, além de novos sanitários, balcões de imigração mais modernos, nova esteira de bagagem com tecnologia de padrão internacional e novos elevadores. 

Também foi entregue uma nova área de check-in, com 40 balcões de atendimento para voos domésticos e 20 posições para voos internacionais. Uma nova via foi implementada para possibilitar o acesso direto ao novo local de check-in (piso 1), garantindo maior conforto a todos.

No mês de outubro/2019, parte da área de expansão na sala de embarque foi liberada proporcionando mais conforto e espaço para os passageiros que aguardam o voo. No mesmo período, foram entregues duas novas esteiras de restituição de bagagens, completando a área que já havia recebido outras três novas esteiras. Com isso, todas as esteiras foram substituídas por equipamentos mais modernos.

No fim do mesmo ano, o leitor automático de cartão de embarque, o BCBP (Bar Coded Boarding Pass), entrou em operação. Foram instaladas oito máquinas antes do canal de inspeção do embarque doméstico e seis no acesso ao embarque internacional. E para fechar o ano de 2019, foi entregue uma passarela interna, que leva os passageiros do check-in até a área de embarque, além da abertura de seis das oito novas pontes de embarque.

Outra melhoria foi a substituição do sistema de som, o PAS (Public Address System) que tem a função de informar aos passageiros e usuários sobre voos, alertas, entre outras informações. 

Paralelo às obras de ampliação e reforma do Terminal de Passageiros, a Fraport Brasil – Fortaleza realizou melhorias e construções no airside (lado ar – onde operam as aeronaves). As taxiways (vias de circulação das aeronaves) Alfa, Delta, Lima, Juliet, Kilo e Oscar foram reformadas, além da instalação de 7.500 metros de cerca patrimonial e reformadas as vias de serviço.

Pista de pouso e decolagem

As obras de infraestrutura da pista do aeroporto de Fortaleza foram entregues em julho de 2020. A partir de agosto de 2021, a pista foi homologada para utilização, junto com duas novas taxiways (vias de taxiamento) e com as RESAS (áreas de segurança) nas cabeceiras 13 e 31.

Com a expansão de 210 metros, a pista do Fortaleza Airport passou de 2.545 metros para 2.755m para pouso e decolagem na cabeceira 31. A outra cabeceira (13) também passou a operar com 2.755 metros permitidos para decolagens, mas com 2.613 metros para pousos. Para que extensão possa ser utilizada também para pousos, o DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) deverá instalar, em breve, o novo ILS (equipamento de auxílio para pouso).

Com o processo de homologação concluído, a expansão da pista começou a ser utilizada, possibilitando mais segurança para operar pousos e decolagens de aeronaves maiores e mais pesadas.

Todas as intervenções de infraestrutura aeroportuária previstas no contrato de concessão foram concluídas pela Fraport Brasil antes do prazo, em julho de 2021, com segurança e qualidade.