Aeris Energy anota lucro líquido de R$ 23 mi com alta de 38,8%

aeris
A companhia do setor de energia registra investimentos em expansão e modernização do parque fabril da ordem de R$ 175,6 milhões

A Aeris Energy, líder na fabricação de pás eólicas na América Latina, com um braço no Ceará, precisamente no Pecém, registrou lucro líquido de R$ 23 milhões, no primeiro trimestre de 2021, 38,8% superior ao mesmo período do ano passado. Já a receita líquida foi de R$ 675,7 milhões no 1T21, 133,9% superior ao 1T20. 

No período, a Aeris registrou EBITDA de R$ 62,4 milhões, 66,6% superior ao mesmo período do ano passado, com margem EBITDA de 9,2%, um incremento de 3,2% em relação ao último trimestre do ano passado.

Investimentos

Os investimentos em expansão e modernização do parque fabril totalizaram R$ 175,6 milhões. No 1T21, os principais destinos das exportações das pás produzidas pela Aeris foram Estados Unidos, Austrália e Chile.

Potência instalada

A Aeris segue bem posicionada para atender à crescente demanda por energia eólica no processo de transição energética global. Somente em 2020, a fonte eólica apresentou recorde de instalações globais, atingindo 93 GW de potência instalada, crescimento de 52,4% em relação a 2019. Nas Américas, as instalações de energia eólica atingiram a marca de 21,8 GW, crescimento de 61,9% em relação ao ano anterior.

Já no Brasil, o crescimento da fonte eólica em 2020 foi de mais de 3 vezes em relação a 2019, com 2,3 GW instalados, atingindo 17,7 GW de potência acumulada no final do ano passado. Neste ano, a energia eólica já ultrapassou os 18 GW em março de 2021, período no qual superou os 10% da matriz elétrica nacional. Os dados são do Global Wind Energy Council (GWEC), da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).