Malha aérea doméstica chega a 70% do cenário pré-pandemia

img1
O crescimento da malha aérea segue pelo quarto mês consecutivo, de acordo com a Abear Foto: Freepik

Pelo quarto mês consecutivo, as companhias aéreas nacionais registram crescimento no número de voos domésticos. Em agosto os números apontam para uma média de partidas diárias de 1.680, ou o equivalente a 70% da oferta de voos no início de março de 2020, antes dos severos impactos da pandemia da Covid-19 no setor.

É o segundo melhor desempenho desse indicador desde o início da pandemia, ficando atrás apenas dos 75% de janeiro de 2021. O levantamento é da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), com dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Reflexo da vacinação

“Chegamos ao quarto mês consecutivo de crescimento, mostrando que a vacinação contra a Covid-19 está influenciando o crescimento da demanda no setor aéreo. A imunização está avançando, com boa parte dos maiores de 18 anos já imunizados com a primeira dose em diversas localidades. A chegada da vacina para mais públicos é essencial para mantermos essa escalada nos números”, afirma o presidente da ABEAR, Eduardo Sanovicz.