Abad vai criar marketplace e novo banco de dados do setor

atacado
O setor faturou mais de R$ 287,8 bilhões no ano passado, mesmo em cenário de pandemia, e atende diariamente mais de um milhão de pontos de venda ao redor do País Foto: Freepik

Representando um setor que faturou mais de R$ 287,8 bilhões em 2020 e que atende diariamente a mais de um milhão de pontos de vendas ao redor do País, a Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (Abad) apresentou, nesta segunda-feira (9/8), a criação do seu marketplace.

O Abastecebem.com.br. é o canal digital de vendas para o setor atacadista e distribuidor e a expectativa é que o chamado “go live”, a primeira transação na plataforma, ocorra ainda em 2021.

Atualmente, a Abad já projeta contar com a participação de 50 empresas do setor. A Infracommerce foi o parceiro tecnológico escolhido para estruturar canal digital de vendas. 

Cultura digital

“O e-commerce já está presente em muitas indústrias de bens de consumo, mas ainda não é muito explorado pelo atacado distribuidor. Mas é um avanço necessário, um caminho sem volta ao qual todos teremos de nos adaptar o quanto antes. Algumas grandes empresas do setor já implementaram seus
marketplaces mesmo antes da pandemia, com sucesso. O desafio é abrir esse canal para os médios e pequenos, que muitas vezes não têm uma cultura digital nem a estrutura tecnológica para criar seus e-commerces sozinhos”, explica o presidente da Abad, Leonardo Miguel Severini.

Inclusão

Pesquisa realizada em 2020 pelo Comitê Marketplace da Abad mostrou que 31,97% dos empresários já utilizam o e-commerce em seus negócios, e 19,67% estão em processo de construção. Um grande percentual, contudo, 48,36%, ainda não tem o recurso. Entre os 31,97% que já atuam com o e-commerce,apenas 33% deste total, estão em um sistema colaborativo de vendas, o marketplace.

Para Kai Phillip Schoppen, fundador e CEO da Infracommerce, a parceria representa um importante passo para o mercado. “A Infracommerce acredita que digitalizar o mercado B2B, trazendo um ecossistema com tecnologia de ponta, levará benefícios para todas as pontas da cadeia. Para o atacadista e distribuidor traz a oportunidade de ampliar seus canais de venda e potencializar os resultados e para o pequeno e médio varejista dará a oportunidade de se reabastecer em uma experiência 100% digital e personalizada”, enfatiza. 

Banco de dados

Outro anúncio realizado pela Abad foi a criação de um novo banco de dados, em parceria com a Neogrid, empresa de soluções para a gestão da cadeia de suprimentos, que ajudará a desenvolver base de dados moderna, robusta, com informações relevantes e estratégicas para o mercado e as empresas do setor, incluindo informações regionalizadas.

O CEO da Neogrid, Eduardo Ragasol, afirma que esse novo banco deve concentrar estatísticas do setor como número de funcionários e crescimento de vendas. "A iniciativa visa dar integração e conectividade entre as empresas", diz Ragasol. Ele afirma que a medida deve ajudar no escoamento de estoques, bem como evitar rupturas.

Convenção

Ao completar quatro décadas, a Abad promove, em Atibaia (SP), de 9 a 11 de agosto, a 40ª Convenção Anual do Canal Indireto. O tema em pauta é: “Agentes de Distribuição transformando a realidade do setor: estratégia, planejamento e inovação”. O evento acontece pela primeira vez em formato híbrido: presencial e virtual.