Valor Bruto da Produção cearense deve atingir R$ 3,07 bi

milho
Culturas cearenses tradicionais são o milho e o feijão

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) no Ceará deverá ser de R$ 3,07 bilhões neste ano, segundo estima o Ministério da Agricultura. O melhor desempenho alcançado pelo Estado foi em 2011, com um total de R$ 4,83 bilhões.

Se confirmada a cifra deste ano, o campo cearense estará na quinta posição em VBP entre os estados nordestinos, após o Piauí (R$ 4,9 bi), Pernambuco (R$ 5,5), Maranhão (R$ 7,5) e Bahia, que lidera a estatística com R$ 29,5 bilhões projetados. O Nordeste todo deverá gerar uma riqueza na produção agropecuária de R$ 13,1 bilhões.

Em todo o País, o VBP deve alcançar R$ 603,4 bilhões. Esse valor seria o segundo maior registrado pelo setor agro nos últimos 30. Até então, o maior valor foi verificado em 2017, com R$ 607,9 bilhões.

No País, as principais lavouras representaram R$ 399 bilhões, e a pecuária, R$ 204,4 bilhões. Devem render mais as culturas do algodão, com aumento real de 16,6% no VBP, do amendoim (14,3%), da banana (20,5%), da batata inglesa (117,8%), do feijão (64,9%), do cacau (1,9%), da laranja (8,1%), da mamona (34,9%), do milho (22,9%), do tomate (19,6%) e do trigo (8,2%).

Na pecuária, os principais valores a compor o VBP são da carne de frango (13,4%) e de suínos (9,3%), e por último a carne bovina, com aumento de 1,3%.