Cinco municípios terão galpões industriais e 1.315 empregos

adece
Foram assinados convênios para a construir e ampliar galpões industriais em Boa Viagem, Pentecoste, Irauçuba, Icó e Umirim. A Adece entra com um investimento de R$ 10,7 milhões Foto: Davi Pinheiro

Cinco convênios para a construção de galpões industriais nos municípios de Boa Viagem, Pentecoste, Irauçuba, Icó e Umirim deverão resultar na geração de 1.315 empregos nestas localidades.

O Governo do Ceará, por meio da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), assinou os protocolos, na tarde desta terça-feira, 17 de dezembro.

A assinatura aconteceu no Palácio da Abolição e contou com as presenças do assessor de Relações Institucionais do Governo do Ceará, Nelson Martins, o secretário Chefe da Casa Civil, Élcio Batista, do presidente da Adece, Eduardo Neves, dos prefeitos de Boa Viagem, Aline Vieira, Icó, Ana Laís Peixoto, Irauçuba, Geraldina Braga, Pentecoste, João Bosco Pessoa, e Umirim, Felipe Uchoa.

Maioria calçadistas

Conforme o presidente da Adece, Eduardo Neves, R$ 10,7 milhões serão investidos pela Agência nas obras. “Os imóveis serão cedidos em regime de comodato e, em contrapartida, as prefeituras doarão terrenos para as construções. Essa é uma parceria que tem dado certo e assim vamos gerando empregos com novas indústrias e expandindo aquelas já existentes. A maioria das empresas em questão atua no setor calçadista, nossa maior vocação. No entanto, ainda há investimentos nas áreas de economia da saúde e de autopeças”, comenta.

No município de Boa Viagem, um galpão de mil metros quadrados (m²) abrigará a fábrica de calçados Terra Quente. A empresa prevê a geração de 150 empregos diretos com um investimento de R$ 525 mil. Já em Pentecoste, o galpão industrial de 1,5 mil m² a ser construído pela Adece receberá a indústria calçadista Becker. Com investimento de R$ 2 milhões, a empresa deve gerar 300 empregos diretos.

A empresa A.J. Alves Calçados será instalada em uma estrutura de 1,5 mil m² no município de Irauçuba. A indústria prevê a criação de 100 empregos diretos na fase inicial, 450 após 12 meses de funcionamento e 800 oportunidades de trabalho formais depois de 24 meses. O aporte total da empresa será de R$ 25 milhões na construção da fábrica.

Reforma

Uma reforma com o objetivo de ampliar e adequar um galpão para atender as necessidades de expansão da empresa GloboDesc Indústria de Produtos Médicos Hospitalares Ltda. será realizada pela Adece em Icó. A empresa, que pretende investir R$ 20,5 milhões, prevê gerar 65 empregos diretos inicialmente, chegando a 165 postos de trabalho na fase de expansão.

Em Umirim, a construção de dois galpões com área de 1,5 mil m² cada vai abrigar a fabricante de peças e acessórios para veículos Bastos Juntas. Com previsão de 300 empregos diretos, a empresa deve investir R$ 6 milhões.

“É sempre um desafio buscar novos empreendimentos e localizá-los no Interior cearense, e a ocasião de hoje nos deixa feliz e prova que nosso trabalho vem dando muito resultado, pois somados a esses mais de 1.300 empregos, já passamos de 4 mi empregos gerados no interior do Ceará”, finaliza o presidente da Adece, Eduardo Neves.

“Quando temos a oportunidade de num mesmo dia assinar cinco parcerias com municípios que ficam na região semiárida do Ceará, onde a seca é muito forte e as dificuldades são muito grandes, e que vão gerar 1.315 empregos diretos, só temos que comemorar". Quero parabenizar não apenas os prefeitos e prefeitas, mas também a Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará e ao secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Maia Júnior”, pontuou o Assessor Especial de Relações Institucionais da Casa Civil, Nelson Martins.