Fiec quer interiorização e busca internacionalizar negócios

ricardo
Ricardo Cavalcante, presidente da Fiec, afirmou que em três meses de gestão já recebeu embaixadores de vários países interessados no ambiente de negócios do Ceará Foto: Regina Carvalho

Interiorizar a atuação da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) e seguir na internacionalização dos negócios do Estado são duas políticas que o presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante, seguirá ao longo do seu mandato, contando com a parceria com o governo estadual. 

Ricardo Cavalcante reuniu as principais autoridades do Estado nesta sexta-feira (13), na Casa da Indústria, com destaque para a presença do governador do Ceará, Camilo Santana. Na ocasião, foi ainda lançado o Atlas Eólico e Solar, à disposição do mercado para alavancar o setor no Estado.

Cenário econômico

O líder da principal entidade de classe cearense avaliou o cenário de nível baixo das taxas de juros e da inflação e disse crer na retomada da economia. "A retomada é consistente", afirmou, ressaltando que no Ceará o empresariado está ainda mais confiante, considerando o apoio e o equilíbrio governamentais.

Reformas

O presidente da Fiec conclamou todo o empresariado a se comprometer com as reformas tributária e administrativa para dar seguimento à virada e retomada econômicas no País. "O panorama econômico nos inspira confiança. As perspectivas para 2020 são as melhores dos últimos anos. Retomamos a nossa capacidade de sonhar", observou. 

Compromissos

Cavalcante reafirmou compromissos assumidos em sua posse. "Queremos estar cada vez mais próximos daqueles que empreendem em todas as regiões desse Estado. Já estamos trabalhando em conjunto com Fecomércio, Faec, Sebrae, Sescoop e Fetrans, unindo forças, otimizando o uso dos recursos e aumentando nossa capilaridade e eficiência", lembrou. 

Inteligência artificial

Outras diretrizes assumidas são de investir nos processos de comércio exterior da indústria e implantação de inteligência artificial nas estratégias de vendas das três casas que compõem o Sistema FIEC: SESI, SENAI e IEL.

Além desses pontos, Ricardo Cavalcante anunciou a inauguração de uma Escola SESI SENAI em Sobral, no começo de 2020, com oferta de vagas no Ensino Fundamental e Médio, e investimento superior a R$ 5 milhões aplicados em tecnologias educacionais como robótica, gameficação, laboratórios e suporte pedagógico da Google e Microsoft.