Mais de um milhão de inadimplentes no Ceará

dividass
Desemprego e comprometimento da renda pioram situação

O Ceará o segundo estado do Nordeste em pessoas inadimplentes em valores de até R$ 500. São 1.019.786 cearenses na estatística. Na liderança, aparecem os pernambucanos, com 1.154.911 nesta situação. Os números são do Serasa Experian, que também contabiliza 7 milhões de nordestinos inadimplentes com dívidas neste montante. 

O número representa 30% dos 23 milhões de pessoas que não honraram seus compromissos financeiros desta quantia no Brasil. Cada pessoa tem, em média, duas contas atrasadas e negativadas dentro deste valor.

Ainda de acordo com o levantamento da Serasa Experian, os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe representam 30,3% do total de 23 milhões de pessoas nesta condição em todo o País.

A Bahia é o que apresenta maios volume de pessoas com contas pendentes, com pouco mais de 2 milhões, seguida por Pernambuco (1,1 milhão). Em média, estas pessoas têm duas contas negativadas que somam até R$ 500.

As dívidas da região que sairiam da base da Serasa Experian, caso as pessoas optassem por regularizar sua situação financeira, ultrapassam 12 milhões. Elas representam 31,5% do total de 39 milhões na base dentro deste valor.

Inadimplência

Em todo o País, a inadimplência bate recorde histórico. Em junho de 2019, o número de inadimplentes no Brasil chegou a 63,4 milhões e registrou novo recorde histórico. No comparativo com o mesmo mês do ano passado, que tinha 61,7 milhões, o crescimento foi de 2,5%. A região Nordeste tem 15.403.452 pessoas inadimplentes no total. Para ajudar a população a regularizar as pendências financeiras, a Serasa Experian oferece serviços gratuitos para ajudar os consumidores a consultar sua situação financeira e renegociar suas dívidas.