Banana e melão estão com preços competitivos na Ceasa-CE

frutas
A banana e o melão tiveram boas safras no Ceará e em estados nordestinos permitindo chegar ao consumidor que busca a Ceasa-CE a preços mais competitivos

O consumo de duas frutas muito bem-vindas à mesa do cearense deve ganhar força com os preços em baixa. A banana e o melão estão sendo encontrados respectivamente 16,6% e 26,09% mais baratos na Ceasa-CE, em Maracanaú. 

De acordo com Odálio Girão, analista de mercado da central de compras, a banana registrou boas colheitas na região do maciço de Baturité, principal zona de produção.

“O melão também se agrupa no setor de queda devido às boas colheitas nos pomares de Acarati, Jaguaruana e do Rio Grande do Norte, explica. Ainda segundo Girão, no setor de hortaliças a batata inglesa se destaca em queda devido às boas safras em Minas Gerais e Bahia. “A cebola também está com preço convidativo e com excelente produção em Pernambuco e no Vale de São Francisco”, aponta. Os números comparam a primeira quinzena de outubro de 2019 com igual período de novembro deste ano.

Alívio 

Dentre os que sofreram queda neste período, destaque para o melão amarelo que custava R$ 2,30 e passou para R$ 1,70, registrando uma queda de -26,09% por quilo. A batata inglesa custava R$ 2,80 e passou a ser vendida por R$  2,20 (-21,43 %) por quilo; a banana prata custava R$ 1,80 e passou para R$  1,50 (-16,67 %) por quilo e a cebola pêra custava R$ 2,30 e passou a ser vendida por R$  2,00 (-13,04 %) por quilo.

Em alta
 
Dentre os itens que ficaram mais caro para produtos que tiveram alta em seus preços estão o pimentão, passando de R$ 1,20 para R$ 1,50 (+25,00%) o quilo, a alface crespa de R$ 1,20 para R$ 1,50 (+25,00%) o pé, a batata doce de R$ 1,50 para R$ 1,80 (+20,00%) o quilo, o maracujá de R$ 3,80 para R$ 4,50 (+18,42%) o quilo e o tomate cajá de R$ 1,60 para R$ 1,80 (+12,50%) o quilo.