Nova fábrica da Vestas no Ceará gera 200 empregos diretos

turbina
O Ceará passa a liderar a produção de turbinas eólicas para o mercado brasileiro, oferecendo mais de 800 turbinas nos próximos anos Foto: Carlos Gibaja/Governo do Ceará

Com a inauguração de nova unidade fabril no Ceará, a Vestas gera 200 empregos diretos e 1.000 indiretos na região, além de 600 posições adicionais em fornecedores de outros estados do Brasil. A fabricante dinamarquesa de turbinas eólicas marcou a operação da nova fábrica no município de Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza, nesta terça-feira, 12 de novembro.

A unidade vai produzir as turbinas V150-4.2MW, abrindo caminho para a expansão da plataforma de 4 MW da Vestas no país e na América Latina. A solenidade contou com a presença do governador do Ceará, Camilo Santana, e do embaixador da Dinamarca no Brasil, Nicolai Prytz.

A empresa, que já possui uma fábrica de naceles (suporte do motor) na região, anunciou a expansão de sua capacidade fabril no país em setembro de 2018 e, desde então, já ultrapassou a expressiva marca de 2.6GW em pedidos para o modelo.

Importância

“O Ceará, que foi pioneiro em energias renováveis e energia eólica, hoje também desponta com uma fábrica da Vestas. Minha vinda aqui é pra agradecer, mostrar a importância desse investimento para a geração de emprego e para a economia. Esse é um caminho sem volta, o Brasil desponta hoje em energia sustentável, e essa parceria do Ceará com a Dinamarca, que é referência no mundo em energias renováveis, é muito importante para a imagem do Estado”, pontuou Camilo Santana.

O presidente da Vestas para América Latina, Rogério Zampronha, destacou que o Brasil é privilegiado e conta com alguns dos melhores regimes de ventos do mundo, fazendo com que a energia eólica seja a fonte mais barata e limpa. “O Ceará nos recebeu de braços abertos, sendo uma região parceira e fundamental para o desenvolvimento de nossos negócios. O Estado apoia investimentos em riqueza e melhora dos indicadores socioeconômicos, aplicando positivamente políticas de atratividade de investimento”, afirmou.

Novas parcerias

O embaixador da Dinamarca reforçou que o país tem interesse em parcerias com o Ceará, nas áreas de energias renováveis e tecnologia, destacando a expertise daquele país nessa área. “A Dinamarca é um dos países pioneiros em energias renováveis. Hoje as empresas dinamarquesas são líderes no desenvolvimento tecnológico, produção e instalação de parques eólicos”, afirmou Nicolai Prytz.

Consolidação

Para o secretário executivo de Energia e Telecomunicações da Secretaria da Infraestrutura do Ceará, Adão Linhares, o novo parque fabril consolidará o Estado em posição de destaque no setor. “Com a expansão da fábrica da Vestas, será produzida no Ceará a maior turbina eólica do Brasil, de 4,2 MW. Dessa forma, o Ceará lidera a produção de turbinas eólicas para o mercado brasileiro, oferecendo mais de 800 turbinas nos próximos anos”, explicou Adão Linhares.

Atualmente, a Vestas possui 1.5GW instalados ou em construção no país, o que corresponde a aproximadamente 750 turbinas. Além das unidades de fabricação em Aquiraz, a Vestas ainda possui um Centro de Serviços em Natal, no Rio Grande do Norte, e um escritório administrativo em São Paulo, onde são coordenadas as operações de vendas, construção e serviços no país.

Também participaram da inauguração o vice-presidente executivo da Vestas para Manufatura, Jean-Marc Lechene; o prefeito de Aquiraz, Edson Sá; o secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Maia Júnior; e o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Eduardo Neves.