Black Friday 2019 deve girar R$ 3,5 bi de reais no e-commerce

eletronico
O volume de compras do ecommerce deverá crescer neste ano, entretanto, o ticket médio será menor, de R$ 600, de acordo com levantamento da Compre & Confie Foto: Freepik

Cada vez mais popular no Brasil, este ano a Black Friday deve apresentar crescimento expressivo este ano. Dados do Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, apontam para um crescimento nominal de 19% em relação ao mesmo período do ano passado, totalizando R$ 3,5 bilhões.

A projeção considera o faturamento total estimado para as vendas realizadas nos dias 28 e 29 de novembro, de 2019.

Ticket médio

O aumento é impulsionado pelo crescimento no volume de compras realizadas, já que o tíquete médio dos pedidos deve apresentar queda em relação ao mesmo período de 2018. Ao todo, devem ser realizados 5,8 milhões de pedidos, representando aumento de 24% em relação à Black Friday do ano passado. O tíquete médio deve ser de R$ 600, queda de 4% na comparação com o mesmo período de 2018.

“Podemos afirmar que a Black Friday está cada dia mais consolidada no Brasil. Os mecanismos criados por diversas empresas para comprovar que os descontos são reais, somados à proximidade do Natal e recebimento de parcela do 13º salário pelo brasileiro, explica o otimismo do setor para um forte crescimento no número de pedidos este ano, que deve ser observado principalmente em categorias de maior valor agregado como eletrônicos e telefonia”, explica André Dias, diretor executivo do Compre&Confie.

Somente no primeiro semestre deste ano, mais de 19 milhões de consumidores fizeram pelo menos uma compra online, um aumento de 35,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Além disso, uma pesquisa com 2.705 consumidores que fizeram pelo menos uma compra pela internet no último ano mostrou que 72% deles pretendem comprar novos produtos e aproveitar as promoções da data. Outros 25% podem comprar caso as ofertas apresentem boas vantagens e apenas 4% não pretendem aproveitar as promoções.

Mais desejados

No topo dos itens mais desejados, estão: Eletrônicos (elencados por 51% dos entrevistados), Telefonia (35%), Informática (28%), Moda e Acessórios (24%) e Eletrodomésticos (23%).

“É fundamental que varejistas tenham forte planejamento e estejam preparados para atender à demanda e suprir a necessidade dos consumidores. Investir em estoques de produtos de maior demanda, infraestrutura tecnológica e melhorias de processos operacionais são pontos fundamentais para aproveitar o sucesso que a data deve trazer”, finaliza Dias.

Representatividade

O Compre&Confie é uma nova empresa da ClearSale, referência em inteligência de mercado e líder no mercado antifraude para e-commerce. A companhia monitora vendas reais de mais de 80% do varejo digital brasileiro e tem o objetivo de gerar a maior rede de confiança online do Brasil por meio de produtos para varejistas (B2B) e consumidores (B2C).