Seacec apresenta bons números em Santa Catarina

asseio
O diretor-executivo do Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Ceará (Seacec), Edson Arouche, participou, do Encontro do Grupo de Executivos dos Sindicatos de Empresas de Asseio e Segurança, em Florianópolis (SC)

O setor de asseio e conservação no Ceará registra bons números e está propagando esse desempenho. Segundo o levantamento, o setor privado emprega 44% dos 72 mil trabalhadores do setor, sendo o Governo do Estado o segundo maior empregador, com 25,1%. Os dados foram levados a evento nacional de empresas de asseio e segurança.

O diretor-executivo do Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Ceará (Seacec), Edson Arouche, participou, na última semana, do XXXVI Encontro do Grupo de Executivos dos Sindicatos de Empresas de Asseio e Segurança (Geasseg), que aconteceu em Florianópolis (SC).

Representatividade

O encontro foi organizado pelas seguintes entidades: Federação Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços de Limpeza e Conservação (Febrac),  Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist), Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação de Santa Catarina (Seac-SC) e o Sindicato das Empresas de Segurança Privada de Santa Catarina (Sindesp-SC).  

“Revisamos o manual do executivo, analisamos e discutimos o Canvas do Projeto Sindical, além, é claro, termos conhecido cases de sucesso específicos de cada região e vivido a troca de experiências e interatividade entre os diretores executivos”, relembrou o diretor-executivo do Seacec.

Por sua vez, o presidente da Febrac, Renato Fortuna Campos, destacou que, “passamos por um momento de grandes mudanças no setor de serviços. O executivo atual precisa ser cada vez mais empreendedor em defesa das atividades. Trocas de experiências são fundamentais para pensar o setor e acompanhar essas transformações”.