1,5 mil economistas participam do Congresso Brasileiro da classe

cbe
O conselheiro do Cofecon, economista cearense Lauro Chaves Neto, foi um dos palestrantes do Congresso Brasileiro dos Economistas

O evento máximo dos economistas aconteceu de 16 a 18 de outubro, reunindo mais de 1.500 profissionais no 23º Congresso Brasileiro de Economia (CBE), em ocorrerá em Florianópolis, Santa Catarina. O tema central foram as "Alternativas para a retomada do desenvolvimento econômico".

Também foram apresentados trabalhos científicos e realizada a etapa final da 9ª Gincana Nacional de Economia, que envolve estudantes de graduação em Ciências Econômicas de todo o País, incluindo expoentes como Paulo Nogueira Batista Júnior e Tânia Bacelar, com 51 anos de atuação e detentora do título de Doutora Honoris Causa da Universidade Católica de Pernambuco,  no Recife.

“O 23º CBE será a grande oportunidade de discutir os rumos da economia nacional”, disse o presidente do Conselho Regional de Economia de Santa Catarina (Corecon-SC), Paulo Roberto Polli Lobo, anfitrião do evento.

Referências

Estiveram presentes no congresso os economistas Paulo Nogueira Batista Jr. ex-diretor-executivo pelo Brasil e outros países no FMI, em Washington e ex-vice-presidente do Novo Banco de Desenvolvimento estabelecido pelos Brics, em Xangai; Roberto Matos Macedo, professor e ex-diretor da Faculdade de Economia da USP, ex-presidente do Ipea e ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, além de Roberto Padovani, que foi sócio da Tendências Consultoria e assessor do Ministério da Fazenda durante o Plano Real e hoje é economista-Chefe do Banco Votorantim e colunista da Agência Estado e da GloboNews

Foram apresentados trabalhos classificados, com estudos versando sobre Políticas Macroeconômicas, Desenvolvimento, Políticas Públicas e Relações e Inserção Internacional.

O CBE 2019 é uma realização do Conselho Federal de Economia (Cofecon) e Corecon-SC com apoio do Corecon Paraná e Sindicato dos Economistas no Estado de Santa Catarina. Também palestrou o conselheiro do Cofecon, economista cearense Lauro Chaves Neto, falando acerca da pobreza no País.