Mercadinhos São Luiz e o perfil diferenciado dos negócios

neto
Severino Ramalho Neto, presidente da rede Mercadinhos São Luiz Foto: Regina Carvalho

Eles têm mais recursos e são mais exigentes. É esse o principal perfil dos consumidores mais fiéis à rede dos Mercadinhos São Luiz. Em relação à renda salarial, 70% percebem acima de três salários mínimos, 84% têm ensino superior, a faixa etária de 67% é de 24 a 55 anos e querem qualidade, variedade e preço bom. Segundo o presidente da rede, Severino Ramalho Neto, é um público que busca um diferencial, mas uma clientela que se encaixa no que eles desejam ter. A rede cearense figura entre as 60 maiores supermercadistas do Brasil.

Atualmente, os Mercadinhos recebem cerca de 30 mil clientes por dia, possuem em média, 2 mil colaboradores e 21 lojas, sendo duas no Interior (Crato e Juazeiro do Norte). A rede trabalha com três formatos ou bandeiras, 18 Mercadinhos, dois Mercadões e um Mini. Com em média 20 mil produtos nas gôndolas, possuem 500 fornecedores ativos.

Experiência

Os Mercadinhos São Luiz avançam de mãos dadas com um patrimônio que se inspira na experiência de vida de duas gerações e prepara a terceira. Severino Ramalho Neto, presidente da rede de supermercados, apresentou sua trajetória aos filiados à Associação de Jovens Empresários (AJE) Fortaleza.

O carioca, que se reconhece com DNA cearense e paraibano, enaltece as lições que teve do tio João Melo, fundador do negócio familiar, e divide experiência e pilares, baseados em conhecimento e foco no seu mercado, profissionalismo, sem esquecer a relação humana, e inovação.