Dólar caro faz brasileiro gastar menos no exterior

gasto
As moedas mais valorizadas, como dólar, euro, libra estão em uma escalada, significa que o real compra menos dinheiro estrangeiro Foto: Freepik

Com o dólar mais caro nos últimos tempos e a moeda no câmbio turismo em escalada não dava pra ser diferente. As despesas de brasileiros em viagens ao exterior caíram em agosto. Até tem gente que muda os planos e aposta em viagens no mercado interno. 

No mês passado, os gastos totalizaram US$ 1,309 bilhão, com queda de 5,24% em relação ao mesmo mês de 2018 (US$ 1,382 bilhão), de acordo com o Banco Central (BC).

Nos oito meses do ano, esses gastos com viagens ao exterior também estão menores. Nesse período, as despesas chegaram a US$ 12,014 bilhões, queda de 5,3% na comparação com o mesmo período do ano passado (US$ 12,686 bilhões).

Estrangeiros no Brasil

Na outra ponta, as receitas de estrangeiros em viagem ao Brasil chegaram a US$ 464 milhões no mês passado e a US$ 4,138 bilhões em oito meses, com recuo de 3,84% e de 0,04% respectivamente, na comparação com os mesmos períodos de 2018.

Com isso, a conta de viagens, formada pelas despesas e as receitas, fechou agosto negativa em US$ 846 milhões e nos oito meses do ano com déficit de US$ 7,876 bilhões.