8,7 mil lojas abrirão em 2019; CE fechou 313 no 1º semestre

loja
O Ceará foi o Estado que mais viu portas de empreendimentos no varejo baixarem definitivamente as portas no primeiro semestre Foto: Freepik

Cerca de 8,7 mil pontos comerciais com vínculos empregatícios devem ser abertos no País até o fim do ano,  de acordo com levantamento realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Entretanto, a abertura de novas lojas deve ser 25% inferior ao número registrado em 2018 (11,7 mil).

Segundo o economista da CNC Fabio Bentes, o resultado é "reflexo do fraco nível de atividade da primeira metade de 2019", quando foram abertos 3,3 mil pontos comerciais.

Primeiro semestre

Na primeira metade do ano, o Ceará foi o Estado que mais fechou portas de empreendimentos no varejo em todo o País, com 313 unidades definitivamente terminando as operações.

No País, em relação ao primeiro semestre, houve queda em relação ao primeiro semestre de 2018, quando foram abertas 5 mil lojas, e em relação ao último semestre do ano passado (6,7 mil lojas).

Por segmento

A abertura de lojas ocorreu em seis dos dez segmentos do varejo, dentre os pontos de venda inaugurados no primeiro semestre de 2019, destacam-se os segmentos de hiper e supermercados (2,7 mil novas lojas), utilidades domésticas e eletroeletrônicos (450) e farmácias, drogarias e perfumarias (397). Por outro lado, as lojas de materiais de construção foram os que mais fecharam as portas (menos 456 lojas).