Aracati exporta 17,5% a mais e sucos fortalecem vendas

suco
Os sumos de frutas continuam a ser o destaque na pauta de vendas externas de Aracati. Já as importações foram maiores em componentes eólicos Foto: Sistema Fiec

O município cearense de Aracati acumulou US$ 11,7 milhões em exportações no primeiro semestre de 2019. As divisas cresceram 17,5% se comparado a igual período do ano anterior. As importações do município também registraram aumento. Somando US$ 152,7 mil no acumulado do ano, o consumo de Aracati no exterior cresceu 194%.

Os resultados favoreceram o saldo comercial, que agora totaliza um superávit de US$ 11,5 milhões, uma alta de 16,5%. Os dados são do estudo Ceará em Comex - Municípios, realizado pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec). 

Destino

Sucos de fruta são o principal artigo na pauta nas exportações, com um total de US$ 8,9 milhões, seguidos pelas vendas de crustáceos, que somam US$ 1,1 milhões. Entretanto, os calçados, que acumulam US$ 825,9 mil em vendas ao exterior foram o grupo que mais cresceu. O aumento na demanda por calçados para o município foi da ordem de 89%. Holanda e Estados Unidos juntos representam 79,7% dos destinos de Aracati, com US$ 9,3 milhões.  

Importações

As importações no período foram modestas, sendo representadas por componentes eólicos. Os componentes, sobretudo pás eólicas, totalizaram US$ 72,6 mil e são oriundos da China. O mercado chinês tem sido então o maior fornecedor do município, com um total de US$ 147,4 mil exportados para Aracati.